E fosse o vosso filho?

2.4.17
Hoje não vos falo de Trissomia 21 mas de Autismo.

Recebo diariamente muitas mensagens, muitas delas histórias que me sensibilizam.

O Blog deu-me a oportunidade de conhecer outras realidades, muitas delas muito mais complicadas que T21. O que acontece é que a T 21 como é visível pelas feições têm um efeito mais negativo na sociedade.

Mas um dos síndromes que mexe comigo é o Síndrome de Asperger (Autismo), não conheço pessoalmente nenhuma criança ou adulto que tenha este transtorno mas pelo testemunho de muitas mães que me escrevem acredito que não seja fácil.

Infelizmente o autista muitas vezes é visto como "maluco" ou até mesmo "mal educado" mas não o é.  São pessoas como todas as outras apenas tem particularidades que pedem mais a nossa paciência e acima de tudo o nosso respeito.

O que é o Autismo?
  • O Autismo afeta tês áreas: Comunicação, Comportamento, Socialização.
  • Não é doença, é um transtorno.
  • Não existe nenhuma pessoa com autismo igual a outra, cada uma tem a sua particularidade.
  • Não são agressivos. As crises acontecem quando algo não esta bem.
  • Não são pessoas ausentes, apenas se comunicam de forma diferente. 
  • O Síndrome de Asperger está dentro do espectro autista.
  • São pessoas que têm uma capacidade de memória muito acima da média e aprendem melhor visualmente.
  • A origem do autismo ainda não está definida.
  • 1 em cada 68 crianças no mundo têm o transtorno.
Cabe a todos nós mudar mentalidades, educar os nossos filhos a respeitarem os colegas com necessidades especiais e não a goza-los ou até maltrata-los. Acima de tudo somos todos seres humanos e merecemos ser tratados de forma igual.

E como mãe sou muito sensível a esta questão, não só por ter um filho com T21 mas porque nenhuma mãe gosta de ver o seu filho a ser tratado de forma diferente.

Nenhum de nós esta livre de ter um filho, sobrinho, neto ou primo Autista. Por isso antes de qualquer olhar indiscreto ou julgamento pensem primeiro "e se fosse convosco..."

Hoje é o dia da consciêncialização do autismo, e como tal, apelo a todas as mães que olhemos com respeito para as pessoas autistas e não de forma discriminatória.

A todas as Mães que lutam todos os dias pelos seus filhos um beijinho de coração




4 comentários:

  1. Infelizmente a nossa sociedade ainda é muito pobre no que respeita a sensibilizar os próprios filhos... lembro-me de andar na escola e uma menina com T21 ser gozada todos os dias e deixada sozinha pelos coleguinhas de turma. Essa menina vem a ser prima do meu marido.
    Também não conheço nenhum menino autista mas sei que não deve ser fácil para os pais... mas quando há amor tudo se supera tudo se consegue.

    ResponderEliminar
  2. É muito triste uma sociedade ainda não evoluida meu filho é autista é o meu grande amor meigo carinhoso , inteligente, educado somos todos da mesma matéria o amor muda tudo e move montanhas.

    ResponderEliminar