Dois dias em cheio!

25.6.17
Este fim-de-semana parece que foi escolhido a dedo pois foi cheio de festas, de bolos e de parabéns!!

Os baby boys estiveram imparáveis, sempre felizes, a correrem de um lado para o outro, a explorarem tudo à sua volta. Estivessem onde estivesssem sentia-se que eram irmãos pois onde estava um estava o outro, sempre muito cúmplices. 

Look T
Jardineiras | Oshkosh
Camisa | Be Chic
Look Baby FM
Jardineiras | Oshkosh
Body | Laranjinha
Sandálias | Pés de Cereja 


Foram dois dias em que me dediquei a eles a 100% e foi tão bom! Foram raros os momentos que usei o relógio e foi o melhor que fiz pois a agenda era bastante ambiciosa e assim permitiu que gozasse em pleno os momentos sem grandes ansiedades.

O mais incrível foi que os nossos atrasos não foram muito sentidos, pois a margem foi pouca :) 

Parece que finalmente estamos a conseguir organizar bem toda a logística.

Amamentação

23.6.17
Estava perante uma mulher, com parto ocorrido há 48horas. A minha colega tirou o bebé do berço, entregou-o no colo da mãe e disse: “Vamos coloca-lo à mama?” Ao que a mãe responde: “Não…não quero amamentar!”

Ficou um ambiente algo comprometedor no ar. No entanto…esta mulher após ter sido devidamente esclarecida sobre as vantagens da amamentação foi respeitada e apoiada na sua decisão. A amamentação dever ser acima de tudo um prazer!


Parece por vezes existir uma pressão social para a perfeição da mulher, das suas escolhas, das suas capacidades. Este exemplo real que acima vos apresento, permite somente transmitir que, ainda que a amamentação seja um benefício inquestionável, existe um outro lado, o de uma mulher, que como tal tem direito às suas escolhas, a ter dúvidas…inseguranças, tem direito a errar e acima de tudo a ser apoiada!

Com este artigo quero vos transmitir as maravilhas da amamentação, mas antes de tudo dizer-vos que pode não ser perfeito, e aliás não têm que exigir isso de vocês.

Quero ainda realçar outro “aspecto” importante, o papel do pai. Parece que o homem é um pouco afastado desta temática. No entanto, é importante existir um pai motivado, positivo, envolvido, que apoie a mulher neste processo. Inclusivamente, pode ser imprescindível quando surgem problemas, auxiliando diretamente nos cuidados mamários.

A amamentação é um processo ímpar, íntimo e especial que em si só confere vantagens como: fortalecimento da vinculação, estímulo visual e contacto físico. Resulta de um processo complexo e inato do organismo da mulher. Ao longo da gravidez o sistema endócrino tem vindo a “trabalhar” na produção hormonal. Quando o bebé nasce, e há estímulo mamário existem duas hormonas mandatárias envolvidas neste processo: a prolactina, grande responsável no estímulo produtivo de leite, e a ocitocina, responsável pela contração muscular do tecido mamário permitindo a chegada do leite ao bebé. Atenção! A ocitocina é influenciada pela ansiedade e stress: mães preocupadas, representa menor produção de ocitocina e consequentemente menor produção de leite. Daí a importância deste ser um processo prazeroso.

Para a mulher, representa vantagens como: redução do risco de vários tipos de cancro e osteoporose, ajuda a readquirir a forma física, proporcionando uma perda geral do peso e contribui para que o útero volte às suas dimensões anteriores (involução uterina).

Para o bebé, o leite materno é quase como que um “liquido prodígio” cheio de potencialidades: Reúne os nutrientes essenciais ao crescimento da criança, facilita o processo de digestão, previne infecções (gastrintestinais, respiratórias e urinárias), protege contra alergias, contribui para reduzir doenças crónicas como a diabetes. Para além de tudo isto é económico, ecológico, seguro e está “sempre” disponível, à temperatura correcta.

Fotografia | Sugar & Soul


Dar o nosso melhor ao nosso piolho

23.6.17


O T ainda não foi para a escola, só começa em Setembro e aí começará uma nova fase em nossa casa, confesso que ainda não me habituei à ideia mas isso fica para outra "conversa".

Sei de antemão que a probabilidade de o T ficar mais adoentado é mais elevada e também sei que até pode vir algum dia a ter piolhinhos...

O Verão é a estação do ano que reúne as condições ideias para o desenvolvimento dos piolhos , isto porque gostam de meios húmidos e quentes. É muito difícil ver os piolhos a olho nú pois são bichos muito pequenos e com uma cor que se confunde muitas vezes com o cabelo, por isso a melhor zona a procurar será na nuca e atrás das orelhas.

Outra sugestão para detetarem os piolhos é colocar uma toalha branca sobre os ombros da criança e passar o pente metálico da NeoQuitoso em todo o cabelo, para que consigamos identificar algum piolho na toalha.



A pensar nestes bichos "horrendos" a Neo Quitoso Plus 100 é uma solução cutânea que atua no tratamento do cabelo infestado com piolhos e lêndeas. Uma das coisas boas é que este produto não contém conservantes, agentes corantes nem sabão, tem um pH neutro e é adequado a crianças pela sua composição suave.

Este produto está carregado de vantagens e embore ainda não precise já o tenho para uma eventualidade e assim aproveitei o pack promocional com oferta de toalhas e fitas descartaveis.

Este produto está carregado de vantagens:
  • Aplicação em cabelo seco
  • Fácil de aplicar
  • Aroma suave
  • Suave para o couro cabeludo
  • Eficaz em crinaçs e adultos
  • Atua em em 20 minutoos
  • Inlui pente metalico
  • Textrura suave e facilitadora na passagem do pente
  • Sem inseticida, não cria resistências







Acompanhem-nos também pelo Instagram 


Em modo relax

22.6.17

Já não é a primeira vez, mas sim a terceira que vou ao Spa for babies. Fica situado no Porto e é sempre visita obrigatória.

Infelizmente não existe nada parecido em Lisboa, o que é um pena. Já pedi à responsável pelo conceito, a Dra. C para que levasse este espaço fantástico até Lisboa. A ver vamos...

Sempre que vou lá adoro tudo, adoro o espaço zen, adoro o cheiro, adoro as massagens que proporcionam ao T, adoro vê-lo a brincar nas piscina, adoro tudo e tudo.

Depois as terapeutas que lá trabalham são de uma simpatia e profissionalismo que não deixam ningém indiferente.

O espaço Forbabies não tem só Spa, têm também um espaço de psicologia clínica e muitas atividades que ajudam a proporcionar um bom desenvolvimento ao nosso filho.

A Dra. C tem formação em psicologia clínica e é especializada em bebés. Tive oprtunidade de a conhecer e é uma pessoa a quem confio a 100% pois tem muitos conhecimentos em tudo o que se refere ao desenvolvimento de uma criança.





Lançou recentemento o livro "Socorro! O meu bebé não dorme", ainda não o consegui ler todo mas do que já li estou a gostar imenso e a ficar com imensas dicas para aplicar no Baby FM.

Uma visita ao peixinhos e tubarões

21.6.17


Já tinha ouvido falar do Sea Life Porto, mas como somos de Lisboa ficava um pouco fora de mão e até dispendioso ir só pelo aquário. Mas como sei de antemão que de 6 em 6 meses vamos ao Norte, já tinha em mente proporcionar-lhe uma experiência diferente. Podem ver aqui.

Confesso que não estava à espera de um aquário tão "rico, estava cheio de várias espécies, desde ouriços, a taburaões, ao peixe palhaço, ao polvo, vimos um pouco de tudo.



Aquelas cores dos aquários não deixam ninguém indiferente.

O Sea Life tem um túnel subaquático com cerca de 500 mil litros de água, em que ficamos mesmo de frente para os tubarões. Adorámos!!


Matych Matchy Colar | Welove âmbar 

O T estava fascinado, não parou um segundo, andava de aquário em aquário muito atento a tudo o que via.

O nosso país esta de luto

20.6.17
Já tive oportunidade de ver tudo o que se passou nestes últimos dias e é inevitável não sofrer com todas as pessoas que perderam os seus familiares e os seus bens.

Sinto-me triste e por mais que o sol esteja presente nestes dias, não brilha da mesma forma.

As redes sociais partilham momentos de dor e de angústia. Momentos esses que nos bloqueiam e que nos fazem repensar no que na realidade queremos para a nossa vida.

Passamos a vida a questionar a nossa vida, discutimos porque o nosso vizinho fez barulho pela manhã, porque está trânsito, porque está calor, porque está frio, porque os nossos filhos não dormem, porque fazem birras, porque não temos dinheiro para comprar um carro novo, porque não emagrecemos, simplesmente porque nunca estamos bem com o que temos.

Mas na realidade se pensarmos bem, queremos tudo isto e a dobrar só para termos a nossa família ao nosso lado.

Todas aquelas imagens que vi, mães a segurarem os filhos nos braços, carros queimados, aqueles corpos marcaram-me e não me deixam sorrir.

Só de pensar que podiam ser os meus filhos a estarem naquele fogo, o meu marido, os meus pais fico sem ar. É muito duro! E ninguém merecia passar por isso.

É impossível não sentirmos o nosso coração do tamanho de uma ervilha perante tamanha catástrofe.

Portugal uniu-se de uma forma exemplar e que mostrou a sua grandeza humana.

Eu mesma vou pegar em roupa que não faz falta à minha família e vou fazer questão de ajudar a minimizar os estragos de algumas famílias, sei que jamais conseguirei dar paz aquelas pessoas mas pelo menos ajudarei a terem uma vida mais reconfortante.

Podia estar aqui a mostrar os meus filhos felizes, a rir a brincar mas não sou capaz de o fazer porque como mãe sinto cada dor daquelas pessoas.

Vamos todos meter o nosso país a sorrir.

A todas as vítimas e familiares os meu sinceros sentimentos.



Fotografia | Sugar & Soul







Segunda consulta

19.6.17

Hoje o T ao acordar foi logo a correr para a porta e ali ficou a mexer na barriga, como se quisesse ir tomar banho e na realidade o que ele queria mesmo era ir para a piscina e confesso que nós também.

Mas hoje a consulta era de manhã, o que fez com que não tivéssemos tempo para grandes mergulhos.

Ontem já tínhamos tido um óptimo feedback por isso íamos para esta consulta de uma forma muito tranquila.

Chegámos e a primeira coisa que nos deram foi os parabéns pois o T tinha tido um crescimento de 113% na idade neurológica, basicamente significa que o T está muito perto da sua idade real.

E contra todas as nossas expetativas, recebemos um diploma de compreensão e na realidade ele percebe muito bem o que lhe dizem.



Saímos radiantes e com a certeza que de 6 em 6 meses subimos degraus de vitórias no desenvolvimento do T. A felicidade é tanta que não se consegue bem explicar...

A primeira consulta

18.6.17
Ontem foi dia de voltarmos ao Norte.

Assim que chegámos fomos presenteados por uma fralda do T a transbordar de cocó, perante aquele cenário foi inevitável não nos rirmos com a situação... O cenário era tão assustador que tivemos que o despir mesmo no meio da rua e dar-lhe um banho com uma garrafa de água, imagino a cara das pessoas que por ali passavam ao ver toda aquela situação. O T ria à gargalhada e acabou por nos contagiar a todos com esta peripécia. 

Valeu-nos ter a cadeira do baby FM mesmo ali ao lado pois a dele ficou inutilizada.

Assunto resolvido fomos almoçar a um restaurante que me tinham falado muito bem, o Abadia, comi uns filietes de polvo fantásticos. Recomendo!

E seguimos para ir ver os peixinhos ao Sea Life Porto. O T simplesmente adorou e nós também. Sem dúvida que valeu muito a pena esta paragem pelo Porto, o aquário foi feito a pensar nas crianças e isso sente-se em cada detalhe. Sem dúvida que é um ótimo programa familiar. Prometo que falarei melhor sobre o Sea Life durante a semana.



Sandálias T | Pés de Cereja 
Mum's Look | Xicalarica
Colar | welove âmbar


Pelas 18h estávamos a chegar a Vila Verde. Mais uma vez ficámos no turismo rural, quase que já somos da casa. Pelo menos de 6 em 6 meses somos! A Casa de Soutelo é um turismo rural com um espaço muito bom para as crianças, com uma piscina enorme e com um jardim a fugir de vista... O T adora andar por aqui e nós também. O local é muito sereno e obriga-nos mesmo a "parar" da vida acelarada que temos.


Calcões de banho | Maria JOAH
Colar | welove âmbar 

O calor ainda era tanto a essa hora que não hesitamos em ir dar um mergulho à piscina e por ali ficámos até ao anoitecer. O T estava tão feliz que contagiava qualquer pessoa
à sua volta. Só queria nadar e saltar, foi tão giro ouvi-lo a dizer 1, e como não sabe dizer 2, ficava ali a insistir no 1 até chegar ao 3, que é sinal de mergulho. 
O pior de tudo foi tirá-lo de lá... foi inevitável que não chorasse.


Fato de banho | Calzedonia 


Hoje acordámos bem cedo, tínhamos um dia ambicioso, queríamos aproveitar a piscina ao máximo mas às 14h tínhamos a nossa primeira consulta de avaliação. Mesmo ali a cortar o dia... mas tinha de ser, era por isso que cá estávamos.

Consulta de Avaliação

16.6.17
Junho é sempre um mês de grandes expectativas, é o mês que voltamos a Vila Verde para mais duas consultas de avaliação do método Glenn Doman.

As semanas que antecedem à nossa ida são sempre vividas de uma forma intensa e com uma maior ansiedade.

É tempo de reviver tudo o que foi feito ao longo dos últimos 6 meses e é inevitável não recordar cada dia, cada mês, cada suor, cada vitória, cada frustração.

É sempre uma viagem vivida com um grande entusiamo entre nós todos mas sempre com um nervosismo à mistura pois só acalmamos os nossos corações quando as terapeutas dizem que o T esta a desenvolver-se bem.

Desta vez não esperamos nenhum diploma pois não havia nenhuma meta a alcançar, mas vamos de coração aberto para recebermos muitos elogios :)

Caso não aconteça, não é isso que nos irá demover, pelo contrário, ainda nos dará mais força para continuar.

Olhando para trás é impossivel não reviver com nostalgia todas as etapas que já passámos. Ainda me lembro da primeira consulta com o T ainda na sua alcofa, e no domingo irá entar por aquelas salas a correr.

Independentemnete do que nos espera, estamos orgulhosos do seu percurso brilhante e por todos os dias mostrar ao mundo que T21 é ser normal.

Amanhã pelas 10h estaremos a caminho do Norte. Vou aproveitar a nossa ida para que o T vá ao Sea Life Porto e no nosso regresso passe também pelo SPA.

Vai ser sem dúvida um fim-de-semana cheio de emoções!

Estes dias vamos estar mais pelo Instagram por isso se ainda não nos segue não perca a oportunidade de nos acompahar de uma forma mais próxima pelo Stories.

Por fim, obrigada a todos vocês que nos acompanham diariamente e que vivem connosco todas as vitórias do T :)

Fotografia | Centrimagem 

Fomos ao Zoo

15.6.17
Hoje o dia esteve fantástico, um sol que convidava a um dia inteiro de praia, isto senão tivesse filhos (claro).

Assim sendo aproveitei a hora de maior calor para as sestas e assim que acordaram fomos ao Jardim Zoológico. Já andávamos para ir há algum tempo mas depois nunca se proporcionava.

E hoje era o dia perfeito para irmos. Foi um passeio diferente do habitual mas que valeu muito a pena.

Fomos a tempo do espetáculo dos golfinhos e por estranho que pareça o T teve imenso medo... esteve quase todo o tempo de costas, já o Baby FM delirou, esteve sempre a bater palmas e a rir às gargalhadas.


Depois dos golfinhos fomos ver os outros animais, estavam tão felizes os baby boys!


Um amor de 4 patas

14.6.17
Um dos meus presentes de casamento foi a Kiki.

Sempre adorámos animais, em especial cães e a Kiki foi sem dúvida um presente muito especial, iniciando assim connosco a nossa família.

Veio para nós era uma bebé de dois meses e com ela aprendemos a dividir tarefas e a partilhar responsabilidades.

Sempre foi muito mimada por nós.

Mas três anos depois engravidei e desde esse dia que me questionei como seria lidar com a chegada de um bebé e gerir todo o mimo da Kiki que até a data era "filha única".

Ao longo dos 9 meses muitos foram os momentos que dormiu junto à minha barriga e contra todas as minhas expectativas recebeu da melhor forma o T.

Mas confesso que foi muito difícil dividir a minha atenção entre a Kiki e o T, ainda hoje o é.

O T roubava-me todo o meu tempo, e muitas vezes dava por mim sem lhe ter dado um simples "olá" durante todo o dia.. Há medida que os meses iam passando começava a conseguir dar-lhe mais atenção mas nunca mais consegui dedicar-lhe o mesmo tempo.

Não que já não goste dela, mas porque os baby boys consomem-me toda a energia.

Muitas vezes dou comigo a olhar para ela e a pensar o que será que ela pensa e no que sente.



A Kiki embora nunca tenha feito mal ao T, sinto que ela é muito mais desligada dele do que do Baby FM, talvez porque o culpabilize pela atenção que perdeu dos donos.

Brincar no campo

13.6.17

Eram 9h e já estávamos prontos para sair de Lisboa.

Um pouco ensonada mas com uma enorme vontade de ver os meus avós que já não os via há imenso tempo.

Os meus avós pela sua idade já lhes é difícil vir a Lisboa . Gosto sempre de lá ir e ter contacto com uma vegetação quase em bruto, onde se respira ar puro e o barulho dos carros dá lugar ao canto dos passarinhos e o alcatrão à terra e às pedras de calçada.

Os baby boys adoraram andar por ali, de uma forma livre, a brincar. As roupas vieram um pouco sujas mas isso agora não é importante.

T Look | Alecrim 




Depois houve coisas que ficaram esquecidas, acho que nunca irei sair de casa com tudo, pois é sempre tanta coisa para levar que é inevitável umas coisas não ficarem esquecidas. Mas pronto nada que não se resolvesse. Uma das coisas que ficou em casa foi o biberon da água, que os obrigou a beberem pela garrafa e assim ninguém teve sede.

Método Glenn Doman

12.6.17
Em conversa com uma mãe tive conhecimento deste método. Não sei porquê mas desde aquela conversa que percebi que este método podia ser o mais indicado para o T. Pelo menos eu sentia-o como tal.

Desde esse dia que pesquisei e li muitos livros sobre o assunto. A consulta veio a concretizar-se dois meses após a minha escolha e a partir desse dia criei um grande objetivo, este método seria para ser aplicado por seis anos, onde teria de abdicar de muitas coisas em prol de um sonho. Que o meu filho tivesse um desenvolvimento próximo do padrão normal.

Ora vejam no Vlog de hoje :)



Abrimos a época dos banhos

11.6.17
Colar | Welove âmbar 


Que tempo...
Que fim-de-semana...

Foi sem dúvida um fim-de-semana a cheirar a Verão. Com um calor que nos rejuvenesceu e fez com que não parassemos por um segundo.

Embora não tivéssemos passado um dia completo de praia, foi o suficiente para ganharmos energia para mais uma semana.

Sábado de manhã fomos ao Gymboree e pela tarde fui com o T ver o musical da Terra dos Sonhos, como vos tinha dito aqui.

Não o consegui ver todo até ao fim, com muita pena minha, pois o T com a musica alta ficou com medo e o mais importante era ele divertir-se, caso contrário não fazia sentida continuar.

Do que vi foi um musical forte e atrevo-me a dizer que muito pesado, pois retratava a dor de ter um filho doente, as horas em salas de hospital, o dia a dia das crianças nos quartos à espera de uma alta. A dor de nos sentirmos impotentes com tremenda doença.

Assim que saímos, o calor que se fazia sentir pelas ruas de Lisboa era tal que não hesitamos em pegar nas coisas e ir até à praia. Os baby boys estavam radiantes!

Os dois estavam tão divertidos que queriam ter ficado na praia mais tempo, mas como a brisa já se fazia sentir viemos para casa, prometendo-lhe que hoje iríamos e assim foi.

Vamos espalhar momentos de Alegria

9.6.17
Todos os dias acordo com a missão de proporcionar aos baby boys momentos de pura alegria.

Gosto de sentir aqueles corações de felicidade, gosto de ouvir aquelas gargalhadas, gosto de os ver com um brilho no olhar.

Só assim para mim faz sentido!

Gostava de ter muito mais tempo para estar com eles, para desfrutar deles mas infelizmente a vida não permite que consiga estar 24horas sob 24 horas com eles. E por essas mesmas razões aos fins-de-semana é non stop cá em casa. São sempre dois dias intensos cheios de animação, de muitos momentos de alegria, mimo e de algum cansaço (muito).

Durante a semana aproveito a vantagem de chegar a casa pelas 17h para que os aproveite ao máximo.

Hoje partilho convosco momentos de pura alegria e que recordarei para sempre na minha vida.


Look T | Be Chic


Look Baby FM | Be Chic 





Juntei-me à Imaginarium e desafio-vos para que durante os próximos dias partilhem fotografias dos vossos filhos com momentos de alegria e de felicidade. Para que consiga validar a vossa participação só precisam de identificar sempre a página @tomasmyspecialbaby no facebook ou @tomas_my_special_baby no Instagram e juntar à fotografia o hashtag #BabyJoyImaginarium e #blogtomasmyspecialbaby

Terra dos Sonhos

8.6.17




Conheci a Terra dos Sonhos ainda nem mãe era mas quando me foi apresentado este projeto foi impossível não ter mexido comigo. Fiquei automaticamente sensibilizada com esta (grande) causa. Primeiro porque foi impossível não meter-me no lugar daqueles pais, depois porque sei que infelizmente existem sonhos difíceis de concretizar mas também sei que quando se alcançam os efeitos que podem originar numa criança são incalculáveis. E fazer uma criança feliz é o melhor que se pode fazer nesta vida.

Segundo porque também proporciona aos "velhinhos" momentos inesquecíveis e que lhe dão alento para continuar a jornada da vida.

Para mim é dos projetos mais generosos que o nosso País tem.

A Terra dos Sonhos está a celebrar uma década de existência e como tal organizou um musical entre os dias 8 e 11 de Junho, cujas receitas revertem integralmente para a realização de sonhos de crianças com doenças crónicas graves, institucionalizadas e idosos.

Acredito que este espetáculo vai ser um grande sucesso, aliás já existem dias esgotados (graças a Deus). Mas pelo que sei ainda há vagas para o fim‑de‑semana!

Deixo-vos a sinopse do musical para que fiquem com "água na boca".

"É possível encontrar a Terra dos Sonhos. Não um lugar longínquo de conto de fadas, mas o lugar onde nascem os sonhos, o lugar onde não há impossíveis, o lugar feito de infinito mas que cabe dentro de cada um. Numa sala de espera de um hospital pode ser difícil de acreditar em tal coisa, mas a Marta, que tem 10 anos, e o Daniel que tem 15, vão perceber como vale a pena sonhar e vão viver essa aventura".


Os banhos cá em casa são uma festa

7.6.17

Cá em casa o horário mais crítico consegue ser também o melhor.

Por norma chego a casa pelas 17h e desde aí até irem dormir são exclusivamente meus. Confesso que muitas vezes chego tão cansada que só me apetece deitar no sofá mas com eles é "non stop" e embora chegue cansada, passado uns minutos de estar com eles fico cheia de energia e pronta para uma tarde intensa de brincadeiras.

Os baby boys consomem-me tanto que muitas vezes nem tempo para ir à casa de banho tenho.

O momento mais esperado do dia, é o banho. Gostam tanto que ambos já sabem pedir o "banhinho" como carinhosamente chamo.

É vê-los a subirem as suas roupas, a mexerem nas barriguinhas de "cerveja" com movimentos circulares. É impossível resistir a tanta fofura.

Quando os começo a despir começam logo a ajudar-me para que seja o mais rápido possível. Depois mergulham para a banheira e fico ali a olhar para eles a brincarem. O pior é tira-los de lá.. muitas vezes o chão fica submerso de tanta água mas fecho os olhos e deixo divertirem-se.










A primeira noite no quarto

6.6.17




13 meses depois e o Baby FM fez a sua primeira noite c.o.m.p.l.e.t.a na sua cama. Uma cama que ainda cheira a novo, tal foi o seu uso.

Acordei atordoada com o seu choro, ensonada olhei para o relógio, pensando que seriam 3h e quando vi que eram 7h, nem queria acreditar. Até olhei duas vezes para ver se estava a ver bem. 

E por incrível que pareça, não consegui ficar contente. Claro que foi (muito) bom dormir a noite toda sem interrupções, mas assim que o vi senti um vazio dentro de mim do tamanho do mundo, senti que o estava a perder e que a minha "miniatura" estava a começar a crescer.

Agora é a altura de me chamarem "maluquinha", e acreditem que não vos julgo por isso pois até eu acho que estou a ficar.

Como é possível ficar triste por o meu filho dormir a noite toda e ainda por cima na sua cama?!? Pois não sei...

Quando o vi de sorriso, a estender-me os braços foi impossível não reviver todos aqueles 365 dias a acordar várias vezes ao longo da noite, muitas vezes até de hora em hora.



Afinal de contas tudo passa na vida e quando passam não nos conseguimos lembrar das partes menos boas.