Erros de mãe de primeira viagem

19.5.17
Look | ChilliBaby 


O Amor pelos nossos filhos é o mesmo, sem tirar nem por mas é inevitável não sermos mães diferentes.

Hoje sou uma mãe diferente do que quando fui mãe pela primeira vez.

Talvez mais descomplicada, mais tolerante, mais serena e mais feliz.

Houve erros que cometi com o T que já não cometi com o Baby FM.

Sempre fui muito organisadinha e planeada (daquelas que irrita) e demorei muito tempo a ceder à desorganização inerente à chegada de um bebé.

Isso implicava muitas vezes que me desgastasse psicologica e fisicamente pois estava constantemente a arrumar tudo por onde o T passava.

Aos poucos e poucos fui-me adaptando, criei um espaço onde pudessem brincar e onde pudesse fechar a porta e não visse o furacão que por lá tinha passado. Contudo é inevitável não estar metade dos brinquedos na sala, pois na realidade é importante que eles brinquem connosco. Presentemente a minha sala mais parece um jardim de infância mas já nem ligo.

Um dos meus maiores erros enquanto mãe de primeira viagem, foi não ter dado oportunidade ao T de explorar os alimentos, de se lambuzar, de comer com as mãos, de deitar a comida para o chão. E acabei por sofrer com isso pois o T à medida que crescia rejeitava os alimentos e tinha dificuldade na sua aceitação. Tive mesmo que recorrer à terapeuta da fala para ajudar o T a ver os alimentos de outra forma.

Hoje não me importo que o chão se suje, que fiquem empastados de comida pela cabeça até aos pés pois enquanto existirem esfregonas e máquinas de lavar a roupa há "esperança" :)

Sei que vai chegar o tempo em que comerão de uma forma correta e limpa.

Na rua quero acima de tudo que se sintam livres, a roupa não foi feita para ficar imaculada, foi feita para ser usada.

Se tiverem que passar por uma poça de água que passem, se tiverem que sujar as maõs que sujem pois ser criança é mesmo isto.

Os baby boy's estão a crescer a um ritmo alucinante por isso quero aproveitar cada brincadeira, cada traquinice. Quero dar-me ao luxo de olhar para eles só porque sim, quero abraçar e passar horas a dar beijinhos, quero estar presente nas suas primeiras quedas e acima de tudo quero respirar o seu cheiro até sufocar.

Quero acima de tudo crescer com eles e guardar para sempre na minha memória o seu crescimento.

Look | ChilliBaby 


Sem comentários:

Publicar um comentário