Viajar em segurança

2.8.17
Quando tirei o curso de preparação para o parto o que mais teve impacto para mim foi a maneira como devia transportar o bebé/criança no carro. E até ser informada desconhecia por completo a importância de transportar uma crainça contra a marcha até aos 4 anos.

Na altura achei que 4 anos era um disparate,o que é certo é que o T está a fazer 3 e viaja no sentido contra a marcha, e faço questão que assim permaneça até completar os seus 4 anos.

E a verdadeira razão é o facto de os músculos do pescoço serem imatutos para suportar corretamente o peso e tamanho da cabeça, particularemnte numa situação de travagem ou acidente.

A cabeça de uma criança pesa 25% do seu corpo daí ser aconselhado que no mínimo andem contra a marcha até aos 18 meses.

Mas infelizmente é muito díficil encontrar várias opções de cadeiras que tenham a possibilidade de usar os dois sentidos da marcha. E as que existem ou são muito caras ou então não vão para além dos 18 e 24 meses.

É um facto que não existe nenhuma lei sobre isso e muitas vezes quem está a vender também não tem o cuidado de informar.

Podemos até pensar que as crianças não vão querer andar com essa idade contra a marcha, e que vão fazer birras mas senão lhes apresentarmos outra realidade eles não tem como fazer birras pois desconhecem por completo a outra realidade. Além de que vão ter uma vida pela frente para estarem sentados a favor da marcha.


É importante que nós pais estejamos muito bem informados pois só assim é que conseguimos escolher de uma forma cosciente a melhor cadeira para os nossos filhos.

Outra coisa que devemos ter em conta é o peso limite da criança para a cadeira pois muitas vezes vale mais investir um pouco mais mas que em contrapartida dê para usar mais tempo.

É importante também verificar se a cadeira tem a etiqueta de homologação ECE R44 de cor laranja. A cor laranja garante que a cadeira cumpre as exigências de segurança fundamentais conforme estabelecido na norma europeia ECE R44.

Aproveito para desejar para quem vai de férias uma viagem divertida mas acima de tudo segura.






Sem comentários:

Publicar um comentário