Babysitter

18.8.17


Sim, levámos babysitter de férias.

Porque não?!?

Posso garantir que foi a forma que eu e o B encontrámos para usufruir (um pouco) da palavra férias.

Presentemente férias não são bem férias, atrevo-me mesmo a dizer que chegamos mais cansados do que vamos. Praia e piscina cansam bastante e se juntarmos a esta fórmula filhos e pequenos é a equação adequada para um Boom de cansaço.

Como vos disse anteriormente, fomos para uma zona do Algarve que se come muito bem. Todos os anos temos uma lista de restaurantes para experimentar e este ano não foi exceção mas para mim ir com crianças para restaurantes não é o meu ideal.

Sempre que posso evito, pois quando os levo, sinto que não é para mim nem para eles, primeiro porque eles ainda não usufruem do "jantar fora", depois porque não conseguimos ter uma refeição sossegada e sem interrupções.

Desta forma vi-me com dois baby boys nas mãos e com uma lista infindável de restaurantes para experimentar e porque sei que os restaurantes nesta altura estão super lotados, com algumas horas de espera optei por levar babysitter para que pudesse ficar com eles na minha ausência.

Posso dizer-vos que adorei a experiência e voltarei a fazer sempre que for preciso.



De manhã ajudava-me com os pequenos almoços da criançada e a vesti-los, ía connosco para a praia e pela hora de almoço regressava comigo, ou com o B ou com a minha mãe para orientarmos os almoços deles, entretanto ficavam na sesta e essas três horas sem eles sabiam pela vida, eles carregavam as baterias e nós conseguiamos estar três horas seguidas ao sol e a dormir (bastante).

Mas por incrível que pareça estávamos sempre desejosos de ouvir o telefone a tocar com a mensagem: "acordaram".

Sempre que recebíamos a mensagem voávamos para junto deles, já lanchados, íamos todos para a piscina e ficávamos até ao anoitecer.

A ideia era ter uma pessoa que nos ajudasse e que tivesse com eles enquanto dormiam para que nós também conseguíssemos aproveitar um pouco do sol.

Continuei a desempenhar o meu papel de mãe a 100% e tudo passava por mim mas também conseguia ter um tempinho só para mim.

Quando regressava dos jantares já perto da 00h já estavam no seu sexto sono.


Muitas vezes associamos que levar uma babysitter é muito caro mas dependendo do que se quer, não é. É sem dúvida das maiores ajudas que podemos ter, pelo menos para que nós pais consigamos usufruir um pouco da palavra férias de uma forma mais descontraída.

Foi sem dúvida uma decisão acertada, os baby boys adoraram-na e nós também.

Para o ano não nos escapa :)

Obrigada querida C por todo o carinho e por ter sido a irmã mais velha dos meus babys boys!!
Já temos saudades!

Colares de Âmbar | Welove Âmbar



Sigam-nos também no Instagram @tomas_my_special_baby

29 comentários:

  1. Claro que é consensual que será preferível ir de férias com uma babysitter, mas há que não esquecer que sim, é um privilégio só para alguns! Além do ordenado, é preciso assegurar mais um quarto, lugar no carro, etc... É preciso ser lúcido e não fazer ver de que está ao alcance de qualquer um!!! Felizmente os babyboys pertencem a uma família com alguns recursos financeiros, caso contrário, que remédio tinham senão ir de férias a 100% com os filhos! Dê Graças a Deus por isso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Margarida, no meu caso o privilégio foi um pouco relativo porque não alterei muitas coisas, caso contrário é verdade que talvez tivesse que pensar duas vezes. Como temos uma "filha de 4 patas" tivemos que alterar um carro para uma monovolume por isso lugar já tínhamos e no caso do nosso apartamento antes da babysitter já tinha essa cama. O que apenas fizemos foi ter o cuidado de assegurar sempre as refeições ;) Quando referi luxo foi no sentido que muitas vezes achamos que são valores mais altos do que pensamos mas claro que depende do que se quer, no nosso caso em particular foi mesmo para ficar com eles enquanto dormiam :) Um beijinho

      Eliminar
    2. Pois... Pelos vistos a Andreia já tem uma estrutura tão bem montada e "natural" que nem avalia bem as necessidades que a maior parte das famílias tem. Eu percebo que não faça por mal, mas deve ter consciência de que é uma privilegiada e que não é "exemplo" para a maioria das pessoas...

      Eliminar
  2. Uma curiosidade, como mãe. Os meninos já a conheciam? Em caso negativo, não estranharam? Tenho esse receio...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Catarina, não conheciam.. embora tivéssemos tido um encontro prévio. Os meus filhos por norma não estranham por isso foi muito fácil a adaptação ;)

      Eliminar
  3. Eu concordo plenamente com a Margarida Costa. Não deixa de ser um luxo. Eu tenho 2 filhos e adorava ter essa possibilidade e se tivesse aproveitava, claro! Mas, incelizmente, tal como muitos outros pais, não tenho como fazê-lo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sílvia, mas depende muito que se quer da babysitting, como escrevi fiz questão de fazer tudo enquanto mãe, o almoço, o jantar mas na altura em que eles estavam a dormir foi bom ter aquele tempinho para mim, fora de casa ;) Acho que também depende muito do que se quer. No meu caso não achei que tivesse sido valores muito altos como se pensa. Um beijinho

      Eliminar
  4. Escolha perfeita sem duvida....mas no mundo real só para alguns��
    Pelo que acompanho, foram umas ferias em grande, com a companhia dos avós e dos tios dos baby boys. Acho muito piada ver mães a lamentarem-se com o cansaço e queixarem-se pela vida de solteira ter terminado. É ao ler este texto que publicou que eu realmente sei que sou uma mega super mulher e mãe. Mae de dois piolhos, a criar os meus baby boys sozinha (não por escolha minha claro). NÃO tenho empregada ou baby sister ou avós ou tios ou seja lá o que for para ajudar. Mas não me queixo. E vou de férias sozinha com os dois gaiatos 15 dias. Venho de rastos é verdade! Mas de coração cheio e orgulhosa da minha capacidade. Bem sei que a Andreia não tem culpa disto....mas tem de se colocar no meu lugar e de outras milhares como eu que achamos ridiculo estar sempre a queixar o facto de nao ter um bocadinho de tempo para si ou para o casal��������. O que é isso ....tempo para mim����������Mas gosto muito de si!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana, dou-lhe os parabéns!! Grande Mãe.. felizmente tenho muitas ajudas (familiares) mas mesmo assim muitas vezes sinto-me cansada e perdida. No seu caso que é 24h sob 24h nem quero pensar.. acredito que se deite todos os dias cansada mas também de coração cheio por conseguir dar conta do recado. Eu com os dois não me oriento muito bem sozinha (ainda) fora de casa..por isso acredite que ganhou uma admiradora!! Parabéns pela força e acho que preciso de umas dicas!! Grande beijinho e mais uma vez muitos Parabéns!!

      Eliminar
  5. Não é um luxo???!! Só o ir de férias para o Algarve já é um luxo para a maioria da população. Com babysitter então... A Andreia é uma querida mas nao tem grande noção do resto do mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Margarida, o meu post não foi para ofender ninguém, apenas foi para mostrar que levar uma babysitter de férias para ajudar não são valores exorbitantes como muitas pessoas pensam mas claro que depende muito do que se quer. No nosso caso foi para ajudar nas sestas.
      Obrigada pelo carinho :)

      Eliminar
    2. Mas enquanto suas leitoras ficamos na mesma sem saber de que valores se tratam porque não os diz. Claro que não tem que dizer mas podia explicar se de outra forma.
      "Ajudar nas sesta" isso significa que a babysister só foi remunerada nas horas que estava absolutamente sozinha com os meninos? E as outas horas? Podia estar livre sem a ajudar?
      Mas compreendo o que quis dizer, pode estar à vontade com o marido após almoco e apos o jantar. O que é ótimo!! Eu para isso tenho os avós o que Já é maravilhoso e me dá muito jeito.

      Eliminar
    3. Olá Maria, não o fiz por opção, porque depende muito do que se quer. Mas posso dizer-lhe, mande-me um email: tomasmyspecialbaby@gmail.com. Quanto às suas questões, a babysitter foi paga pelo seu trabalho, fora as sestas ajudava sempre que fosse preciso mas também estava connosco na piscina e praia ao sol, ia à agua. Acabou por fazer um papel de irmã mais velha :) Pelas 21.30h eles já dormiam e podia estar descansada. O ter os avós a ajudar é do melhor :) Beijinho

      Eliminar
  6. Fez muito bem em levar ajuda! Não tem de se justificar, há sempre quem não tenha possibilidade de o fazer, como há quem não tenha possibilidade de ir de férias ou sequer de ter um segundo filho (ou primeiro), e por aí adiante. Era o que faltava agora a Andreia nao poder partilhar a sua experiência por causa disso, se fosse assim mais não partilhar nada de bom, não fosse o resto do mundo ficar sentido... Quis a babysitter para as sestas e podia querer mais até, nao tem mal nenhum e não é uma mãe menos dedicada por isso (aliás, basta ler um ou dois post das centenas que já publicou aqui para se ter a certeza de que se esfola para dar aos miúdos tudo aquilo que é o melhor para eles, sobretudo ao Tomás, que precisa de um acompanhamento especial). Que raio de comentários mais condescendentes fazem as pessoas... bom, mas parabéns pelos miúdos, estão cada vez mais giros!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada querida Maria pelo carinho e pela compreensão :) Só quis mostrar que ir com uma babysitter é mais barato do que pensamos :) Grande beijinho

      Eliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Não se justifique mais. Não vale a pena e só se prejudica. Se tem possibilidades, ainda bem... é porque a sua família e a Andreia lutaram para as ter e agarraram cada oportunidade que a vida vos deu. Para tudo, e a Andreia já sentiu isso, é preciso ter sorte, mas também é preciso um grande esforço e espírito de luta. E você tem. E perdoe-me se vou ser inconveniente, tocando num ponto mais sensível, mas estas pessoas "esqueceram-se por momentos" que o T é uma criança muito especial, muito ativo e muito absorvente. Os pais estão sempre lá, mas sim, precisam de 2 horas, para respirar, para poder estar as outras 22 horas sempre no seu auge. Ser mãe é único, mas consegue ser desgastante e estes comentários infelizes espelham o cansaço e frustração de muitas mães. Elas no fundo não são e nem querem ser assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    2. Obrigada Patricia pelo carinho e pela força. Um beijinho grande

      Eliminar
  9. Andreia eu achei que fez muito bem se eu pudesse fazia o mesmo :) As férias são para descansar, eu amo muito os meus filhos que são 3 mas se eu pudesse até deles eu tirava férias ahahah. Bjs grandes gosto muito de assistir às suas publicações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Carla pelo carinho e por me ter feito rir ahah :)

      Eliminar
  10. Sempre tive a mania de trabalhar no verão, quando jovem e adolescente, tenho a certeza hoje, para fugir a outro trabalho, da apanha da fruta, q tanto detestava e estava mais q certo, por residir numa zona rural.
    Iniciei essa aventura aos 12 anos, a pintar loiça do sec XVII, ex-Facerama (hoje exploração infantil, por isso é q sou tão traumatizado, lol).
    Agora como pai, não me canso de passar o testemunho, p as minhas filhas, daquilo q acho mais importante, p o seu crescimento, p um caráter saudável, alegre e sensato.
    Espanto meu, ao ver q, passados estes anos de ainda jovem pai, valeu a pena todo o esforço e empenho.
    Por isso nunca desistam dos vossos filhos, tenham sp tempo p eles, tenham sp a torneira aberta, pq qd eles tiverem sede, virão saciá-la.
    Obg filha AC, pela pessoa q és e por esta boa e agradável surpresa.
    Com esta estória não posso esquecer a tua irmã AB, q nesta data, até ao fim de agosto, está bem longe, na aventura no Dubai, com o mesmo trabalho de baby sitting.
    Só gostava, apenas um dia ser bebé, p ser cuidado pelas minhas filhas e ver como é.
    Parabéns aos pais do Tomaz, exemplos a seguir, felicidades p os filhos, q de certeza, um dia serão outros exemplos de pais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se uma família com possibilidades e necessidades proporciona a uma jovem estudante a possibilidade de ganhar algum dinheiro para ajudar nas despesas dos estudos e ainda poder beneficiar de umas férias agradáveis com uma família amorosa, é só de louvar, quem pode não deve querer tudo só para si, dando trabalho também é ajudar.
      Parabéns C sei que gostaste muito, ficaste com muitas saudades da família especialmente as crianças, ganhaste novos amigos e cresceste bastante com esta experiência. Conheço a C desde o dia em que nasceu, e é para mim uma neta do coração, que bom seria se todas as pessoas beneficiassem da companhia dela. Parabéns ao casal pelo seu altruísmo e coragem.

      Eliminar
    2. Obrigada pelo exemplo e por este fantástico testemunho. Tive a oportunidade de conhecer a AC e AB e são sem dúvidas duas jovens fantásticas, super bem educadas, muito delicadas para as crianças e cheias de valores. Os pais estão de parabéns por este exemplo de meninas que enchem uma casa! Um beijinho nosso

      Eliminar
    3. Obrigada Rosa, sem dúvida que a C é uma jovem muito querida e ficou no nosso coração. Como disse foi como uma irmã mais velha. :) Um grande beijinho

      Eliminar
  11. Fizeste tu muito bem. Eu também gostava muito de ir de férias com ajuda extra porque os miúdos dão um trabalhão e nós não conseguimos descansar. É uma excelente opção para quem tem essa oportunidade. Beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que é uma óptima solução :) Pelo menos sempre dá para descansar um pouco!! Grande beijinho

      Eliminar
  12. Olá, Andreia
    Acho a ideia óptima, pq as férias tb são para descansar. Venho pedir-lhe o enorme favor de partilhar os contactos da babysitter pois tb nós precisamos de alguém. Na ausência de familiares próximos queriamos alguém que nos fosse recomendado.
    Obrigada e um beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, é isso que penso. E se conseguirmos ter momentos de lazer, com os filhos e também sem eles é o ideal :) Para que não exponha o telefone aqui. Deixe-me o seu e-mail para lhe fazer o telefone da Babysitter :) Obrigada e uma grande beijinho!!

      Eliminar