Meu querido Pai

19.3.20
Que ano...

Primeiro foi-me roubado estar presente no aniversário da minha mãe, agora chegou a vez de também não te poder dizer bem baixinho ao ouvido "Gosto de Ti" Pai.

É incrível como damos por adquirido aquele beijo e abraço diário e depois aparece um vírus que nos mostra que a vida não é como a matemática e que é uma ciência pouco exata.

Hoje é o teu dia e eu sou grata por me ter saído na rifa "O melhor pai do Mundo".

Uma relação, que poucos percebem, falamos a mesma linguagem e conheço o teu sentido de humor como ninguém. Gerimos frustrações mútuas e não vivemos sem o nosso "bom dia".

Por vezes acho que és chato, que exiges mais de mim do que as minhas próprias capacidades. Respiro tantas vezes fundo, perco a vezes que reviro os olhos mas sou incapaz de te falhar.

Desde sempre que me dás a mão e que me ajudas a percorrer o meu melhor caminho, educaste pelo exemplo e pela presença. E é em ti que me encontro quando me perco nas adversidades da vida.

Foste e continuas a ser o meu maior e melhor amigo, em quem confio a minha vida e os meus maiores segredos.

Hoje é o teu dia, e eu não posso estar contigo.

Tenho um orgulho gigante em ti, no que construíste e na forma como levas a nossa família.

E o meu maior medo é ficar sem o teu abraço.

Feliz Dia a todos os Pais que levam os filhos à frente de tudo porque isso sim é ser o verdadeiro Pai o resto é apenas uma palavra.




Sem comentários:

Publicar um comentário