13 Ideias de (uma boa) Sobrevivência para a quarentena

18.3.20

Os últimos dias, decerto têm sido dias de um grande desafio para todas as famílias com crianças em casa. É verdade que os nossos médicos têm sido verdadeiros heróis na linha da frente, mas logo a seguir vêm os pais que tendo de gerir as suas tarefas profissionais que se mantém, têm também de assumir a tempo inteiro as profissões de educadores, professores, enfermeiros, psicólogos, cozinheiros, artistas, etc. Têm também de gerir não só as emoções das crianças, como as suas num momento em que vivenciamos um período de adaptação a algo pelo qual nunca passamos antes e que nos desperta sentimentos como preocupação, medo, ansiedade.

Será certamente uma fase de aprendizagens para todos. É o tempo de recolhimento e de reflexão sobre a forma como estamos (ou não) ligados uns aos outros e valorizar, sobretudo, a presença e o privilégio da presença de cada um na nossa vida.

Nestes dias passados entre muito colo e mimo, brincadeiras e certamente muitas birras, o mais importante é que possamos estar todos bem de saúde e ainda que a casa esteja um caos, que por dentro possamos ficar mais arrumados e com cada coisa no sítio certo.

Porque ainda vamos no início e a paciência e a criatividade nem sempre esticam, deixamos algumas ideias de sobrevivência para que os dias de quarentena com crianças decorram dentro da maior normalidade possível:
  • Para quem ainda não o fez, explicar às crianças a fase que estamos a passar. Já existem histórias e vídeos na internet para explicar às crianças o que é o COVID19. No final, perguntar se ficaram com alguma dúvida, se querem fazer algum desenho ou trabalho sobre o tema e não voltar a forçar o assunto, respondendo de forma sincera se a criança perguntar algo posteriormente;
  • Evitar ter a televisão ligada o dia todo e expor as crianças às notícias que constantemente são divulgadas. As crianças poderão começar a sintomatizar alguns dos sintomas ou terem crises de ansiedade se estiverem preocupadas ou ansiosas com o tema ou com o stress sentido por parte dos adultos;
  • Manter as rotinas: horas de acordar e de descanso, momentos das refeições, higiene, vestir com a roupa do dia (e não de pijama) – isto estende-se também aos adultos;
  • Manter uma alimentação equilibrada. Cuidado com o excesso de açúcar que para além de ser pouco saudável, é uma fonte de energia (que as crianças já têm acumulada);
  • Fazer uma reunião de família onde se elabora o conjunto de regras da casa e de funcionamento da quarentena, uma lista de atividades e ideias para fazer durante os dias (individualmente e em família) e as tarefas domésticas que cada um pode fazer. Elaborar um cartaz com as regras estabelecidas e um mapa de registo de tarefas para cada um, avaliando diariamente o seu cumprimento;
  • Para os alunos em idade pré escolar e escolar, organizar o dia das crianças distribuindo as atividades pelas várias áreas: atividades pedagógicas, atividades lúdicas, atividades físicas e expressivas e atividades livres (para as crianças com trabalhos para fazer, distribuir equilibradamente o numero de páginas dos manuais, livros de fichas e tarefas pelos dias de quarentena);
  • Definir um tempo para a utilização das tecnologias (1 hora diária para as crianças mais pequenas e 2horas a partir dos 10 anos) – a visualização de televisão não entra neste tempo mas a sua utilização deve ser avaliada pelo bom senso;
  • Manter a casa organizada, definindo um quarto ou um espaço para brincar e um espaço da calma com almofadas, música calma e livros;
  • Abrir as janelas e privilegiar o acesso às varandas, quintal, terraços e jardins de casa para apanhar vitamina D;
  • Elaborar um diário da quarentena em papel ou digital, com o contributo de todos;
  • Utilizar doses extra de amor, de paciência, de tolerância e de brincadeira, exigindo sempre o cumprimento das regras e das tarefas combinadas por todos;
  • Permitir o tempo sem programar atividades, para que as crianças possam entender a importância de gerir o tédio e estimular a sua criatividade;
  • Ter uma comunicação e um pensamento positivo e otimista. Ainda que as crianças possam achar que estes são os seus dias de sorte por poderem ter os seus pais só para eles, eles são observadores muito atentos e absorvem o clima e energia que sentem à sua volta.

De seguida, seguem algumas ideias para aproveitarem o tempo de uma forma divertida:










Páginas online com ideias:

Histórias para o pré escolar - https://historiasparapre.blogspot.com/

Apoio escolar – https://www.escolavirtual.pt/

http://www.quadroegiz.com/

Jogo sobre o Corona Vírus para a família - http://temp.assec.pt/jogos/

Atividades Criativas :

https://casabrincar.blogspot.com/2020/03/ideias-para-brincar-em-casa-e-em-familia.html?m=1

https://www.facebook.com/thedadlab/


Com regras e com amor,

A vossa psicóloga,
Ana Trindade

Sem comentários:

Publicar um comentário