Tradições de Natal

20.12.16

Estes dias deviam ter 48 horas, vai ser uma semana intensa, cheia de coisas para fazer.

Além do trabalho, de ter dois Baby Boy's que precisam muito da minha atenção, tenho de arranjar espaço para fazer aquelas comprinhas de última hora, ainda ontem ao fazer os embrulhos percebi que no meio de tantos sacos que tinha perdido um pelo caminho.

Hoje tive que me sentar um pouco e começar a escolher a ementa do dia 24 e 25. Já tinha partilhado convosco (aqui) o quanto gostava de fazer as coisas em casa. Pouco ou nada compro, o dia 24 é passado literalmente na cozinha, sempre com um cheirinho de deixar água na boca.

Desde pequena que me lembro de acordar no dia 24 e ver uma grande agitação na cozinha, cheia de conversas entre a minha mãe, avó e tia, ficava ali horas a olhar para elas a cozinharem com tanto amor e a preparar tudo com muito carinho, os seus olhos brilhavam a cada sonho frito.

Ainda hoje guardo na minha memória essa imagem que de tão simples transmite tanto.

Hoje 28 anos depois sou eu que estou na cozinha de mão na massa com a minha mãe e avó a ter essas mesmas conversas que tanto me encantavam.

Desde o bolo rainha, aos sonhos, passando por papos de anjo e acabando no arroz doce, tudo é feito por nós, tenho a certeza que o amor é um dos ingredientes fundamentais para o sabor dos nossos doces de natal.

Para mim Natal é isto, é o dar sem receber algo em troca, é pensar na outra pessoa de uma forma mais atenta. Mais que qualquer presente que possa ter na árvore de natal, o mais importante sem dúvida é toda esta partilha familiar.








Chucha | Chicken Chicos
Babygrow | Jacadi


Acompanhem-nos também pelo Instagram: @tomas_my_special_baby










Sem comentários:

Publicar um comentário