O meu Francisco Maria

28.2.20
O FM sempre foi muito emocional e reguila, aliás a sua cara apresenta-o logo mas o seu ar de traquinas também deixa escapar um lado mais ternurento.

Eu e ele temos uma ligação muito forte, não que não o tenha com o T e com a MC mas a forma como ele nasceu e como se agarrou a mim desde o primeiro segundo de vida, criou em nós um vínculo muito grande.

Dormiu nos meus braços durante seis meses e mais dois anos comigo. Sempre ali! Mamou até aos dois anos e ainda hoje não gosta de se ausentar muito de casa.

Se há criança que gosta de estar com a mãe é ele.

Quando descobri que estava grávida do FM, decidi que tudo iria fazer para que ele não sentisse qualquer peso nas costas por ter um irmão com necessidades especiais. Ele veio ao mundo por amor e não para vir "tomar conta do irmão". Depois sabia de antemão que ele teria um desafio pela frente pois o T tinha muita atenção virada para ele e eu nunca quis que isso interferisse na sua personalidade ou que lhe criasse alguma mágoa.

Talvez estas minhas preocupações, fizeram com que o protegesse mais e lhe desse sempre muito mais atenção porque o T eu sei que brilha por si.

Dos três é o que está mais doente e o que mais me pede colo. Voltou a dormir agarrado a mim como quando era bebé.

Hoje percebi que passem os anos que passarem é em mim que ele encontrará sempre o seu porto seguro.

O meu bebé grande, o meu Francisco Maria!


Sem comentários:

Publicar um comentário