Mãe a tempo inteiro

6.10.17
Não o sou, não por opção mas porque não posso. Gostava imenso de conseguir tratar da minha família a 100% mas por questões financeiras não o consigo fazer.

O tempo está fantástico mas estas oscilações constantes de temperatura fizeram com que o T ficasse com uma larigite e o Baby FM constipado, e embora já tivessem melhores optei ficar em casa para cuidar deles.

O dia foi bastante longo, e ao contrário do que muitas pessoas possam pensar não parei nem por 5 minutos.

O banho foi a saltar de tão rápido que foi. 

Entre camas para fazer, roupas para lavar, aspirar, limpar o pó, fazer almoço, brincar com eles, limpar-lhes o nariz 500 vezes, pouco tempo sobrou.

Ser mãe a tempo inteiro é dos maiores desafios para uma mulher. Chega a testar todos os nossos limites pois uma casa consegue ser um mundo de coisas para fazer e com duas crianças pequenas fica tudo mais difícil.

Houve alturas em que desesperei, não sabia o que fazer mais, cheguei ao ponto de ter de gritar com eles pois assim que arrumava, quando voltava a olhar já estava tudo igual ou pior.
Odeio gritar, mas muitas vezes o desespero é tão grande que sou engolida pela frustração.

Foi duro, muito duro, não é fácil mas não há trabalho nenhum no mundo que dê tanto prazer como este.

Sentirmos que conseguimos tratar da nossa casa e dos nossos filhos consegue ser a melhor coisa do mundo.  

Hoje fui só dos meus filhos e eles meus e foi tão bom!! 

Deito-me exausta mais muito mais feliz :)

Bom noite!
Bom fim de semana



Até as almofadas do sofá foram para lavar pois o menino T fez xixi 

Sem comentários:

Publicar um comentário