Desfralde

10.10.17
Nas férias de Verão decidimos começar com o desfralde.

Por amor aos meus tapetes optei por retirar alguns para prevenir pequenos acidentes. Comprei toneladas de cuecas, dois bacios no Ikea (super baratos), ganhei coragem e comecei.

Aos poucos e poucos fomos apresentando o bacio e explicando ao T que nos tinha de pedir sempre que queria fazer xixi e cocó.

E desde aí que tem sido uma "luta" constante. Confesso que não tem sido nada fácil, uma batalha difícil de vencer.

Mas o que me aborrece mais é saber que ele percebe que está a fazer, mas porque acha piada faz nas cuecas.

Sinto mesmo que há dias que testa os meus limites, pois quando o faz chama-me para ver e muitas vezes até o apanho a brincar com seu xixi.

Podia ser um cenário engraçado de se ver, mas não. Chega a ser desesperante.

A terapeuta ocupacional é de opinião que ainda não é o seu timing e talvez até tenha um pouco de razão mas a entrada na escola "obrigou" a isso.

Na escola já não usa fralda, muitas vezes a sua roupa vem seca, outras nem tanto mas nada que uma máquina de lavar roupa não resolva. 

Estamos muito melhor desde que começamos é um facto mas ainda temos um longo caminho pela frente.

Pelo menos xixi e cocó já sabe dizer, o problema é que muitas vezes não o diz nos momentos certos. Ou então diz e vai a correr buscar o bacio e quando se senta já fez nas cuecas.

Só sei que é preciso uma dose extra de paciência para esta fase.

A Trissomia 21 faz com que algumas coisas demorem mais o seu tempo mas cá estamos nós para viver as vitórias dele.

E por aí como foi com os vossos filhos? Preciso de dicas!!


Taepete | Emília - made with love





28 comentários:

  1. Olá Andreia,eu iniciei o desfralde na minha filha em junho (mais coisa menos coisa) e tem sido uma luta diária... Continua a ter descuidos.. Já pensei desistir várias vezes porque tem sido exaustiva esta fase... Para mim a pior desde que ela nasceu... O que me custa é que ela entende e sabe perfeitamente o que está a fazer, tem perfeita noção do que é xixi/cocó e total controlo de esfríncteres .. Inclusivé algumas vezes ela vai à sanita e faz tudo sozinha...mas continua com descuidos, no caso dela eu acho que ela muita vezes não vai à sanita por preguiça. Prefere continuar a brincar do que interromper para ir à sanita! Enfim tem sido muito cansativo... Compreendo-a perfeitamente. Tou farta de lavar cuecas 😂😂

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que é desesperante e muitas vezes frustrante porque sabemos que eles percebem mas mesmo assim fazem nas cuecas...
      Força para nós ;)

      Eliminar
    2. O problema é que o inverno está a chegar e é desagradável fazerem xixi e cocó nas cuecas..no entanto, espero que ao ser desconfortável, que o desfralde se resolva definitivamente. Mas realmente é preciso muitaaaa paciência!

      Eliminar
    3. Sem dúvida.. com os dias frios torna tudo mais difícil mas espero que consigamos antes de enfrentar mesmo o Inverno à séria.

      Eliminar
  2. Por cá foi fácil, começamos em Maio com a fralda-cueca e sem fralda em junho, aos 2 anos e meio. Nunca teve 'acidentes' em casa mas fala muito bem desde 1 ano e meio... Concordo com a T.O.cada um tem o seu timming e a escola é que se deve adaptar. Acho que não deve ser ao contrário ;) Mais vale um desfralde consciente e consistente do que precoce e stressante (sobretudo para nós, mães que lavam chãos, cuecas, calças e calçado 😂). Talvez funcione melhor se se valorizarem mais as idas à sanita (cá em casa nunca usamos bacios/potes) do que os deslizes... É que realmente têm mais atenção quando fazem um xixi no chão 😂 e esperar que ele cresça mais um pouquinho... É só uma ideia.Mas sem stress, sou Educadora há 19 anos, cada criança tem o seu ritmo e todos deixaram as fraldas 😊😘

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas dicas e por toda a força!! ;) E parabéns pelo seu desfralde fantástico!!

      Eliminar
  3. Na minha opinião, os rapazes são mais difíceis. Com Trissomia 21 ou sem... Cá por casa, o desfralde do rapaz está a ser bem difícil, porque ele não se chateia nada. Não se importa de andar molhado ou com o "ovo" como lhe chama... Vamos fazendo pequenas conquistas. O truque é não desistir e recuar. Fraldas só para dormir. E vamos sentando no pote várias vezes, mesmo quando diz não haver vontade. O pior é quando há passeio... Com a rapariga foi tão fácil!!!! Eu costumo dizer que, se o ditado for verdadeiro, vou ficar rica de limpar tanta *****... Coragem!!! Estamos juntas no desfralde!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah Adorei o ditado ;) Força para nós e estamos juntas!!

      Eliminar
  4. Quer uma opinião? A minha filha fiz 3 anos em Julho e durante o dia já não usa fralda mas nas sestas e a noite ainda usa... No início mijava se toda e ainda se ria.
    Eles têm um timing... E não interessa qual é a condição deles.. É mesmo assim... Tente perceber com ele qual é a melhor altura..

    ResponderEliminar
  5. O T terá o seu Timing. E se já melhorou é bom sinal. A mãe vai ter de "comprar" mais doses de paciência do que cuecas. É tentar perceber a forma que parece mais fácil ao T e de certo modo compensar por essas conquistas. O meu filho foi uma coisa simples e aos dois anos pois o infantário assim o ditou. Primeiro os cocós e depois o xixi veio por arrasto e depois de um "saltar de tampa" meu. Mas funcionou lol. Vai correr bem vai ver.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela força ;) Vou ali comprar mais dose de paciência e já venho!! ahah

      Eliminar
  6. Boa noite! É como tudo... é uma aprendizagem e leva o seu tempo. Cá em casa, mãe de 2 meninos, resultou o uso de boxers! "Boxers são cuecas de meninos crescidos mãe" era o que me dizia e meninos crescidos não fazem coco nem xixi nas cuecas �� Resultou tão bem com o mais velho que usei a técnica com o mais novo!

    ResponderEliminar
  7. Olá.
    Aconselhava vivamente antes de praticar o desfralde, trocar a fralda para fralda-cueca (caso não o tenha feito)... parecendo que não ajuda imenso: ele vai continuar a ter noção daquilo que os pais lhe estão a ensinar e pode sozinho praticar sem problema algum... começar o desfralde primeiramente para durante o dia, depois para as "sestas" e só depois à noite! Cá em casa o pesadelo à noite contínua... a fralda fica sempre ainda bastante cheia, logo não é a melhor altura ainda para retirar a fralda durante a noite!
    Um conselho que me deram na escolinha dos meus: não ralhar, nem mostrarmos-nos tristes com os "acidentes"... outro conselho que já o disse, muita paciência! Há crianças e crianças... não há duas iguais; eles demoram o tempo que têm de demorar e sempre que ele consiga praticar o xixi ou o cocó sem acidentes, festeje!
    Boa sorte ������

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas dicas e terapeuta também me aconselhou a não repreender e desde aí sempre que faz na cuecas tento explicar com calma. Quando faz no bacio é festa na certa.. tanta que até o Fransciquinho já bate palmas!! As fraldas cuecas uso quando estamos na rua ;)

      Eliminar
  8. Olá Andreia! Por aqui temos um rapaz com perturbação do espectro do autismo com 3 anos, a maior dificuldade está em não comunicar, ou seja estamos a fazer o desfralde como se de uma rotina se tratasse, de hora a hora, ou menos, lá vai a sanita ou bacio, muitas vezes acertamos e muitas outras falhamos por pouco, mas é mesmo assim, e acho que as outras mães tem razão com PEA ou com T21 ou sem nada, todos têm o seu tempo e as vezes de um momento para o outro dá-se um click e tudo acontece :-)
    A rotina é a melhor dica que lhe posso dar, todos os miúdos gostam de rotinas, e começam a interiorizar que de x em x tempo é para fazer xixi. Força e não desista. Beijinho. Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana pelas dicas, estamos juntas!! Grande beijinho

      Eliminar
  9. Olá Andreia,
    Seguindo as indicaçoes da educadora que o sentia preparado para o desfralde demos inicio em Maio com 23 meses. Em casa logo percebi que a coisa não estaria a correr bem pois recusava se a ir á sanita e do colegio vinha muitas com roupa para lavar...resolvi parar o desfralde, não senti necessidade de estar a criar stress à criança com este assunto!!! Em Julho por iniciativa dele começou a pedir para não colocar fralda e a partir daí foi um sonho de desfralde.Tirei logo de noite tambem, acho que só baralha manter e no primeiro mês ainda pediu para fazer a meio da noite, agora nem isso. Claro que teve alguns deslizes como é obvio mas poucos �� Sou da opinião que cada criança tem o seu tempo...Beijinhos e boa sorte��

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana pelas suas dicas :) Realmente cada criança tem o seu timing, são eles que sabem, não somos nós (embora achemos que sim) Parabéns pelo desfralde :) Grande beijinho

      Eliminar
  10. Olá Andreia :) tenho um filho de 3 anos e aos 2 anos e meio iniciou o desfralde. Correu bem, felizmente pois ele foi bastante incentivado na escola e acho que isso também ajudou muito ! No entanto, sou da opinião de usar as fraldas cuecas em casa nós primeiros tempos (evita muita tranalheira ;) ... sobretudo para quem tem mais que um filhote). Só da opinião que eles eles vão interiorizado a pouco e pouco o conceito e vão chegar ao ponto que nem se quer se vão sentir confortáveis com o fazer o xixi na fralda. Recomendo as seguintes fraldas cuecas: www.continente.pt/stores/continente/pt-pt/public/Pages/ProductDetail.aspx?ProductId=4950294(eCsf_RetekProductCatalog_MegastoreContinenteOnline_Continente). Beijinhos e vai tudo correr bem !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandra, muito obrigada pela dica :) Vou seguir o conselho :) Grande beijinho

      Eliminar
  11. Por aqui foi remédio santo a varicela. A Diana teve varicela em Abril e não aguentava a fralda com a comichão! Foi de um dia para o outro sem descuidos. Calhou ter sido assim,podia ter levado muito mais tempo se fosse pelo "método" normal. Beijinho

    ResponderEliminar
  12. Cá em casa tenho uma menina agora com quase 6 anos e um menino com quase 4. Por experiência digo que os meninos são mais difíceis do que as meninas. Com ela foi super tranquilo. 2 anos e pouco e tirámos as fraldas de dia e de noite. Deixou de querer à noite logo de seguida e acho que mudámos a cama 1 ou 2 vezes...
    Com ele tem sido muito mais difícil... De dia já conseguimos desfraldar mas tivemos de recuar porque na escola começaram a insistir mas ele não estava minimamente preparado. Em casa só desfraldei quando o senti mesmo preparado e ainda assim tivemos imensos acidentes. Só com 3 anos e meio mais ou menos é que a coisa acalmou... Agora à noite.. Nem sei quando vamos conseguir desfraldar mas calculo que não seja tão cedo. Eles têm de ter o click! E quando isso acontece é muito mais fácil.
    Boa sorte, coragem e ouça sempre o seu coração de mãe!!!

    ResponderEliminar
  13. Olá Andreia,tenha uma princesa a caminho dos 3 Anos que começou com o desfraldada com 28 meses. Cada criança é única, e como tal cada uma tem o seu tempo para se adaptar às coisas, na minha opinião. Mas como sei que é uma mamã muito persistente e não desiste a primeira, digo-lhe, continue. É uma etapa um pouco chata e incomodativa por vezes, mas nada é impossível. Com a minha princesa correu tudo bem. Tive que seguir a risca a rotina da escola e da professora. Mas digo-lhe que por vezes ainda existem uns pequenos acidentes, o que é normal. Principalmente quando a pequena está muito entretida a brincar e tem preguiça de ir ao pote. Por mais que eles percebam o que é o xixi e o cocó, o que é muito bom,no início do desfraldada ainda não interiorizaram essa rotina, e por vezes não conseguem ainda segurar as necessidades. Ou seja quando dizem que têm vontade já estão a fazer pelas pernas abaixo. Não pergunte se quer fazer, crie uma rotina de o colocar no pote de X em X tempo. Digo-lhe no início colocava de hora em hora e fui aumentando o tempo aos poucos. Por vezes fazia nem que fosse um bocadinho e outras vezes não. Mas assim evitasse que a bexiga fique cheia e vamos educando o esfinqueter deles. Quando a minha princesa fazia xixi tb lhe oferecia um pequeno autocolante para ela colar no pote, o que fazia com que ela ficasse toda contente e com vontade de fazer novamente para receber a recompensa. E foi assim que aos poucos e poucos fui educando e criando a rotina do pote. Continuo a dizer que cada criança é única e requer o seu tempo para se adaptar às coisa, o que nós não podemos é desistir. Outro conselho, depois de começar o desfraldada as fraldas devem ser evitadas a não ser para dormir que aí o processo é mais tardio. Pois por vezes confundimos a criança o que não é nada bom. Continue que vai muito bem e não desista. Deixe apenas de perguntar e dê-lhe uma recompensa pode ser que assim esta etapa seja mais fácil, com a minha princesa funcionou. Um beijinho grande para os seus baby Boys e continuação de um bom desfraldada.

    ResponderEliminar
  14. O Pedro fez 2 anos no fim de agosto e pensei em tirar a fralda este verão. Entretanto no início de Julho nasceu a irmã e achei por bem não tirar a fralda para não serem muitas mudanças em simultâneo. Ele próprio começou a arrancar a fralda. Então aproveitei. Ele não gosta da sanita, nem com redutores, fui com ele escolher a "sanita" dele. Foi no jumbo que comprámos um bacio por 19€ em forma de mota que tem um apito até. Ele adorou o bacio o que fez com que tivesse vontade de se sentar nele. Inicialmente pus o bacio ao lado do sítio onde ele brincava. Assim não houve birras para parar a brincadeira. Cada vez que fazia xixi ou cocó apitavamos, faziamos uma festa e íamos juntos dizer adeus ao xixi/cocó. Foi tranquilo. Mas muito mérito é dele porque quis.

    ResponderEliminar
  15. Por aqui andamos no mesmo. Fui toda lançada para o desfralde pois com o mais velho foi de um dia para o outro sem acidentes nenhuns. Como trabalho numa creche e já tenho experiência na coisa (achava eu)...pumba tiramos a fralda. Problema??? Tem pânico do cocó um medo assustador...e então pede a fralda para fazer cocó. O xixi corre muito bem...
    Quem me manda a mim achar que sou "Muita boa" nisto dos desfraldes����
    Beijinho Andreia.

    ResponderEliminar