A irmã mais velha

21.9.17


Antes dos baby boys já tinha a Kiki e embora tenhamos menos tempo para estar com ela continuamos a gostar da mesma forma.

Para a nossa familia é como uma filha, tratamo-la de igual modo pois achamos que os animais devem ser tratados como tal. Arrisco a dizer que é a princesa cá da casa, dorme aos nossos pés, tem o seu lugar marcado no sofá, e muitas vezes até come um peixinho visto que é o seu "prato" preferido. (Acho que na última encarnação devia ter sido gato).

A Kiki é super calma (talvez pela sua idade), muito dorminhoca, carinhosa e acima de tudo muito amorosa.

Mas tal como nós também teve o seu período de adaptação, e confesso que sinto que ela prefere o baby FM ao T, talvez porque o T tenha sido quem lhe tirou o protagonismo... "problemas" de irmã mais velha ahah

O que é certo é que eles não lhe dão descanso, passam os dias atrás dela, a agarrar-lhe a cauda e as orelhas. Há dias que chego a ter pena dela...

Mas o que é certo é que já não sabem viver uns sem os outros.

É maravilhoso ver os animais e crianças a brincarem. É como ver o amor no seu estado mais puro.

Por isso fico revoltada quando sei que pessoas abandonam os seus "filhos" de 4 patas, só porque agora não dá jeito ou os tratam mal. Não perecebo, nem nunca irei perceber.  Como é possível tamanha crueldade?

Os animais devem ser respeitados e tratados da melhor forma possível.

Posso adiantar que fiquei com muito menos tempo para estar com a Kiki desde que fui mãe e a paciência muitas vezes faltou mas independentemente de tudo ela sempre teve lá para mim e disso não esqueço.

O que mais me surpreende nos animais é que estão sempre à nossa espera e ficam eufóricos quando nos vêm e isso é tão bom de sentir.



No outro dia recebi o convite da Purina para ir mostrar os dotes da Kiki, aceitei o desafio não pelo concurso porque isso sabia que não teríamos hipóteses mas porque seria um momento só nosso pois hoje em dia o tempo com ela é cada vez mais escasso.


Look | Eu e a mamã 


Mas deu para nos divertirmos bastante. Foi sem dúvida uma tarde muito animada.

Uma curiosidade, na Purina, os colaboradores podem levar os seus cães para o trabalho. Fantástico não é? Acredito que para os animais e para os donos seja óptimo!! Só por isso dá vontade de lá trabalhar :)





Sem comentários:

Publicar um comentário