Deslarguem as mães

5.7.17
Nós mães somos todos os dias bombardeadas com olhares indiscretos e com opiniões alheias. Somos as pessoas mais vulneráveis e sujeitas a críticas constantes e até a olhares reprovadores.

Acredito que não seja por mal mas hoje em dia parece que todos nós temos uma opinião a dar e que somos donos da razão.

Muitas vezes acaba por ser desgastante para uma mãe ouvir tanta opinião que muitas vezes vai contra a sua maneira de estar e pensamento.

É importante percebermos que cada bebé é um bebé e consequentemente cada mãe é uma mãe. O que para mim pode estar errado para a outra mãe pode estar certo pois só nós é que conhecemos o nosso filho e as suas ncessidades.

Se a mãe dá uma bolachinha Maria ao bebé não critiquem...
Se a mãe optou por uma alimentação vegetariana para o seu filho não critiquem...
Se a mãe dá mama ao seu filho com 1 ano não critiquem...
Se a mãe dá mama ao seu filho com 3 anos não critiquem...
Se a mãe optou por secar o seu leite para conseguir dormir a noite toda não critiquem...
Se a mãe optou por ficar em casa com o bebé não critiquem...
Se a mãe optou por pôr o seu filho na escola logo aos 4 meses não critiquem...
Se a mãe gosta de continuar a fazer saídas com as amigas não critiquem...
Se a mãe não confia o seu filho a ninguém e se vive para ele 24 horas sobe 24 horas não critiquem...
Se a mãe optou por lhe vestir um collant em vez de uma meia não critiquem...
Se a mãe não os leva a praia para os proteger do sol não critiquem...
Se a mãe passa um dia inteiro na praia com as (devidas precauções) não critiquem...
Se a mãe dá um tablet para o filho brincar e a deixar fazer o jantar não critiquem...
Se a mãe gosta de brincar com os seus filhos na terra não critiquem...
Se a mãe opta por dar um gelado em prol de uma peça de fruta não critiquem...
Não critiquem! Não critiquem!

E sabem porquê? Porque só nós é que sabemos o melhor para o nosso filho e não há ninguém que goste mais dos filhos do que a própria mãe.

Na escola do "ser mãe" não existe o certo ou o errado mas sim o melhor para os nossos filhos e isso é o mais importante.

Por tudo isto vamos olhar apenas para as nossas motivações e deslarguemos as mães dos outros.




Sem comentários:

Publicar um comentário