O meu campeão

15.12.20

 Cresceu e eu nem dei por isso...

Seis anos, o "fim" da grande meta do desenvolvimento. O check mate para a solidificacão de tantos conhecimentos. 

Aquela meta que achei que estava tão longe e que chegou tão perto.

Foram seis anos duros pelo trabalho que envolveu, pelo dinheiro gasto em terapias e que valeram cada cêntimo, de grandes vitórias e conquistas. De murros na mesa, de lágrimas de frustração, de dúvidas e incertezas mas de uma felicidade imensa. 

Seis anos que não os senti de tão rápidos que passaram.

Está a um passo de entrar numa das grandes metas de uma criança: o primeiro ciclo e ainda existe tanto para solidificar. Este será um ano letivo ambicioso a vários níveis mas que chegaremos a Setembro com a certeza que o caminho faz-se caminhando, mesmo que este não esteja na perfeição exigida.

Há seis anos que acreditei num método de estimulação intensivo e hoje olho para trás e ainda nem acredito que já passaram por nós seis níveis de desenvolvimento, restando apenas um para a sua "alta". Foi e continua a ser um caminho muito trabalhoso, de uma grande resiliência e também de uma grande força, não minha, mas do Tomás.

Seis anos em que ele me deu a mão e não duvidou do que eu tinha para ele. Ainda sem saber para o que  ia, com quatro meses, disse-lhe bem baixinho que ia conseguir e que iria sair dali, só com um programa concluído.

Quando escolhi o Método Glenn Doman, sabia o que implicava, o trabalho que seria necessário fazer mas também sabia dos resultados a médio e longo prazo.

Não me enganei, e embora o Tomás ainda esteja imaturo em alguns aspetos, está no caminho de atingir o patamar máximo deste programa tão ambicioso e quando esse dia chegar, será de festa.

Com seis anos faz o que esperava que fizesse, tem uma autonomia que lhe dá voz, fala, anda, corre e é acima de tudo FELIZ!

Disse-lhe que este caminho não seria fácil, que seria só para os melhores, e que se algum dia a felicidade dele tivesse em jogo aí sim eu recuava de imediato até lá por mais lágrimas que houvessem iriamos continuar sempre de mãos juntas até as forças nos faltarem.

A prova viva, que se és capaz de sonhar, és capaz de fazer! O meu maior orgulho! O meu campeão.






Sem comentários:

Publicar um comentário