Consultas de rotina

25.10.18
Os meses seguintes aos anos do T são feitos de consultas de rotina.

Lembro-me como se fosse hoje das palavras do Dr. Miguel Palha, as crianças com T21 tem de ser cuidadas, para que tudo seja visto a tempo de se resolver.

E é nisto que me foco todos os anos, as consultas não existem só porque sim, mas para que se tenha tempo de solucionar algum problema que apareça no entretanto.

A Tempo de sermos nós a dominar o problema e não deixar que seja ele que nos domine.

Para isso é preciso organização e algum tempo para que consigamos estruturar todo um check up que ditará a performance de mais um ano.

São várias as consultas e todas focadas na sua especialidade.

Pediatra de desenvolvimento, já está e passou com distinção. O Tomás apresenta uma fala acima do "normal", tem o padrão invertido, ou seja, a linguagem está superior à cognição o que é óptimo.
Para mim foi sempre o foco principal pois tenho a certeza se ele expressar-se bem terá várias (senão todas) as portas abertas para esta vida que nem sempre é fácil.

Consulta de Odontologia, embora tenha corrido bem, percebeu-se que não respirava pelo diafragma o que faz com que ele projecte a língua com mais frequência pois toda a sua respiração está em volta da boca. Contudo estamos em cima da situação para conseguir contornar.

Hoje foi dia de oftalmologista e terminámos mais uma consulta com um sentimento de vitória. Além de ser ter portado como um adulto, que até a mim me deixou perplexa está com uma visão fantástica.

Algumas consultas tenho aproveitado para fazer também ao FM pois embora saiba que não são consultas necessárias aproveito para despistar eventuais problemas.

Incrível como todos os anos o nosso coração bate com a mesma força que a primeira vez.



Sem comentários:

Publicar um comentário