Olá Outono, mesmo sem roupa!

16.10.18
Os dias frios e a chuva estavam difíceis de aparecer e embora tivesse consciência que começava a estar na altura de pensar em botas, galochas e roupas de Inverno desvalorizava.

Entretanto as temperaturas na semana foram descendo consideravelmente, mas ainda pedia t-shirt's até que ontem o outono deu o "ar da sua graça".

Confesso que o meu cérebro, roupeiro e carteira não estavam já preparados para a nova estação, corri os roupeiros e nada, não havia nada de outono que lhes servisse, nem tão pouco sapatos.

Em contrapartida havia sandálias e t-shirt's em abundância...

Estava zero preparada para estas temperaturas e para esta chuva mas no meio do quase nada, encontrei umas calças de ganga super apertadas que mal cabiam ao FM, umas camisolas que tinha acabado de comprar no Kids Market, umas botas que eram do T e que serviram ao FM e uns ténis que  pouco apertavam tal é o pé gordo do T.

Foi quase como encontrar uma agulha no palheiro, consegui "safar" mas tinha a consciência que tinha todo um roupeiro vazio para preencher

Ontem à noite já arrumei grande parte das roupas de verão, deixei mesmo só uns básicos que ainda pode servir nesta altura que nem "é carne, nem peixe".

Dobrei cada peça de roupa, cheirei-a e revivi cada história que contava, cada gargalhada, cada momento bom.

Guardei-a com a certeza que eles nunca mais teriam aquele tamanho.

Agora vou mesmo às compras e abastecer-me para o Inverno e rezar para não ficar "depenada como um passarinho".

Para quem esta na mesma situação que eu, boas compras :)






Sem comentários:

Publicar um comentário