Tempo a dois

2.10.18
Um dia destes ao almoço...

Marido: O que vamos fazer este fim-de-semana?
Eu: Não tenho aqui a agenda mas acho que temos qualquer coisa.
Marido: Ha ok. Então depois vê. E na 2ªfeira fazemos anos de casados...o que vamos fazer?
Eu: Desculpa? Como assim?
Marido: É dia 1 de Outubro!!
Eu: Ai não pode, mas não é só para a outra?
Marido: Nãooooo

E foi assim que tudo começou.... estávamos a 4 dias de fazermos 7 anos e eu a char que estávamos a 15. Tenho tido dias tão loucos com uma agenda cheia de "rabiscos", que estava convencida que era só na semana seguinte.
Naquele dia comecei logo a ver várias opções para comemorarmos a data. Estava mesmo em cima do acontecimento e não queria passar em branco esta data tão querida para nós.

Desde que casámos que é hábito celebrarmos a data, antes de termos filhos, fazíamos sempre uma viagem, hoje com uma logística bem mais complicada ficamos por um ou dois dias e aí a máxima aplica-se "vale mais pouco mas bom do que muito sem conteúdo".

Fazíamos anos na Segunda e isso implicava deixar tudo orientado para que pudesse desfrutar do momento sem preocupações por isso optei só ir no Domingo para que sábado tivesse espaço para organizar a nova semana que começava.

Já tínhamos estado no dia da Mãe no Dolce Campo Real Lisboa (podem ver aqui) e fiquei com vontade de voltar por isso nada melhor que comemorarmos o nosso dia, num local que já nos tinha proporcionado bons momentos. Era perto de Lisboa o que nos permitia ir no Domingo e voltar na Segunda.

Foi pouco tempo mas o que foi, foi fantástico, o Hotel além de bonito, é cheio de pessoas super simpáticas e tem óptimas condições para passarmos uns dias a dois ou em família. Cheio de recantos que nos encatam a cada esquina.



Rodeado de verde e cheio de silêncio obrigou-nos a abrandar o ritmo do dia a dia e olharmos apenas para nós. Assim que chegámos fomos para a piscina e confesso que todo aquele silêncio custou-me a assimilar, já não estou habituada a estar mais de 5 minutos deitada, por isso assim que me deitei levantei-me 10 vezes, ou para meter creme, ou para molhar os pés, ou para pegar no telefone, tudo era pretexto para não estar quieta. Até que o B me disse "mas tu não sabes estar quieta? olha para o infinito..." E na realidade ele tinha razão. Fiquei ali à apreciar todo aquele sossego que tanto anseio vezes sem conta.










Aproveitámos por ser Domingo, para fazer o Brunch do hotel, que para mim é só o melhor que alguma vez experimentei, feito de pouca quantidade mas de uma qualidade fora de série. Desde o peixe ao sal às ostras tudo nos deixa de água na boca.





Já ao final do dia depois de um jacuzzi junto à piscina, quando chegámos ao quarto tínhamos à nossa espera uma garrafa de champanhe acompanhado por umas trufas que contribuíram bastante com os quilos extra. São mimos destes que não nos deixam indiferente. 




Saímos para um Welcome Drink no bar e de seguida fomos jantar ao restaurante Grande escolha, com um menu degustativo de vinhos selecionados da zona.





Não tínhamos muitos dias por isso o tempo que tínhamos tinha que ser aproveitado da melhor forma e nisso o Dolce Campo Real tem pacotes super atractivos e variados.

Acabámos a noite no quarto, já alegres com tanto vinho que experimentámos. Um quarto super espaçoso, que dá vontade de viver ali, com uma vista magnífica e com uma cama XXL, super confortável. Confesso que já estava precisar de dormir uma boa noite sem ser acordada por um despertador chamado "mãeeeee". Ai que noite.... 







Foram dois dias fantásticos, cheios do mais importante AMOR e de longas conversas e de tempo apenas para "sermos".

Obrigada por todas as mensagens neste dia tão importante na nossa vida!









Sem comentários:

Publicar um comentário