O Tomás entrou na escola Pública

29.7.20
Desde o primeiro dia que soube que entre colégios e filhos, optaria sempre por filhos.

Ao valor que estão os colégios, sabia de antemão que nunca conseguiria tê-los todos no privado. O caminho deles passaria sempre pelo o ensino público.

Foi uma escolha nossa optar por uma casa cheia em prol de um ensino no privado.

Sei de antemão que mais que dinheiro, é preciso ter sorte com a professora, porque os bons e os maus estão em todo o lado.

Sabia também que por mais que os quisesse debaixo da minha asa, chegaria o dia em que tinham que voar por eles.

Não viverão na bolha que tanto eu gostava mas em contrapartida vão ver o mundo com outras cores. Vão perceber que a vida é feita de várias cores e não só do preto e do branco.

Vão ter de abrir caminhos por eles próprios. Vão viver todo o tipo de experiências e vão ter contacto com todo o tipo de crianças. E isso só os enriquecerá enquanto pessoas.

Estou feliz por ter entrado na escola onde queríamos mas com o coração na mão para esta nova fase da sua vida.

Estaria a mentir se vos disse-se e que o meu coração não abanou quando vi o tão esperado "matriculado" no portal das matrículas. É um mix de emoções, que só uma mãe percebe.

Em Setembro começa uma nova fase, novos amigos, uma nova professora, auxiliares novas e toda uma escola diferente para ser conquistada.

Sei que o Tomás vai entrar pela porta grande, que mostrará que valerá a pena acreditarem nele e que vai conquistar uma vez mais toda uma escola com o seu sorriso.

Mas com a certeza que a mãe estará muito atenta a tudo o que possa acontecer de menos bom.

Um Setembro que chega bem perto e que se avizinha de emoções fortes.

Quem mais este ano tomou a decisão de meter os filhos na pública?





8 comentários:

  1. Excelente texto!Escola publica e sempre uma boa opcao!

    ResponderEliminar
  2. Compreendo a Andreia, mas optei exactamente pelo contrário. Eu e o meu marido optamos por ter apenas 1 filho mas mante lo sempre no colégio. Não consigo imaginar um filho meu na escola pública nos tempos que "correm" é muito complicado. Além de saber que o que terá de acontecer, vai acontecer tanto no público ou privado. Que tudo corra bem . Muitos beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada ❤️ São opções de vida. Não existe o certo e o errado 😘

      Eliminar
  3. Olá Andreia, por aqui temos 3 filhas e todas frequentam a escola pública. Eu própria sou professora numa escola pública e já tive o prazer de trabalhar com um núcleo de alunos com trissomia e devo confessar-lhe que foi uma das experiências mais gratificantes ao nível profissional e pessoal que tive até hoje! Aprendi tanto com eles nesse ano. Um beijinho muito grande para si e parabéns pela família linda que construiu. Vai correr tudo bem!

    ResponderEliminar
  4. Passei exatamente pelo mesmo no ano anterior, e apesar de só ter bom feedback a dar da escola onde a minha filha entrou (desde da escola, à professora que não podia ser melhor), ainda fico com o coração apertado por tê-la tirado do colégio onde tinha amigos desde os 3 anos... Mas vai tudo correr bem!!!

    ResponderEliminar
  5. Mesmo com colégios é preciso ter “sorte”. Demasiadas vezes o que vendem não é o que compra.
    Boa sorte com a escola e, principalmente, com o professor.

    ResponderEliminar