O nosso Grande Amor

14.2.18


O Dia dos namorados não é hoje mas sim todos os dias.

É importante que nunca nos esqueçamos disso e que tenhamos presente que antes de termos filhos, já tínhamos um filho maior, o nosso amor, o homem da nossa vida, o pai dos nossos filhos.

E é "só" graças a este grande amor que temos os nossos filhos.

Não precisamos de investir em bens materiais para surpreender quem ao nosso lado, bastam pequenos gestos para fazerem a diferença.

Nem sempre é fácil, a falta de tempo, o nosso cansaço e falta de paciência não ajuda a relação. Não que o amor tenha acabado mas muitas vezes é inevitável que o nosso amor maior fique para trás.
Depois existem estes dias clichê que nos obrigam a parar e a lembrar que antes de 4 éramos 2.

Uma relação é como as flores, precisa de ser regada. E quantas vezes nós não nos esquecemos das nossas plantas dias e dias, até que olhamos para elas e as vemos murchas? E lá vamos a correr regar para que volte a florescer. E uma relação é isso mesmo...muitas vezes caí no esquecimento pela falta de disponibilidade de ambos mas depois basta uma palavra ou um simples gesto que tudo volta a florescer e as borboletas na barriga começam novamente a fazer-nos cócegas.

No nosso caso são 15 anos de São Valentim passados na companhia um do outro, um dia que gostamos de celebrar com um jantar, ou com um passeio que nos faça lembrar como tudo começou.

Já passamos por muito, a nossa relação já teve altos e baixos, como todas, está longe de ser perfeita, mas é toda esta imperfeição e diferença entre nos que torna tão perfeitos.

A ti meu Grande amor obrigada por me mostrares sempre o lado mais simples da vida, por me fazeres  sentir como uma criança, por me fazeres tão feliz.







1 comentário:

  1. Fazem um casal muito bonito!!
    felicidades e parabéns!
    bjos doces

    ResponderEliminar