10 meses

30.4.20
Tenho dois filhos que nasceram à quarta-feira e a Maria Constança só não nasceu porque decidiu ser teimosa e fazer-me sofrer até ao fim.

Tal como os irmãos a data prevista para o seu nascimento era quarta-feira. Mas ela preferiu primar pela diferença e nascer numa quinta-feira. No entanto, nasceu no dia 27, o dia que o irmão Francisquinho nasceu mas com uma diferença de três anos e dois meses.

Dia 27 o seu irmão fez quatro anos daí ter optado por só hoje registar os seus 10 meses.

Acredito que todos os bebés já tenham agradecido este isolamento, voltaram a ter as suas mães vinte e quatro horas por dia tal como nos seus primeiros meses.

A Maria Constança, embora estivesse muito bem com a sua bisavó, desenvolveu imenso com os irmãos. Até então ainda não tinha sentido uma grande ligação entre os três. Primeiro porque os primeiros seis meses são exclusivamente da mãe, segundo pela rotina do dia a dia que era tão frenética que pouco tempo de qualidade tinham para se descobrirem.

E se antes não sentia grande proximidade por essas razões, hoje são uma grande equipa, os três. Adoram a irmã e ela adora-os. Embora pequenina já alinha em todas as suas brincadeiras. É a bebé deles e andam sempre de volta dela. Pegam-na ao colo vezes sem conta, gatinham com ela e até  brincam com ela ao mundo imaginário.

É bom de ver! Melhor ainda sentir este amor "louco"! 

No meio desta crise financeira que estamos e que vamos enfrentar foi o meu Euro Milhões.

Fala com os olhos, dá guinchos como leitões a fugirem do espeto, come maravilhosamente bem, gatinha a uma velocidade de gazela. Adora estar em pé. O seu forte não é dormir, talvez porque a vida é curta demais para ser desperdiçada de olhos fechados.

10 meses de uma família de cinco!
10 meses de noites mal dormidas
10 meses de ti, minha "rica" filha!







Fotos possíveis com uma bebé de 10 meses :)

Placa | Caturra 


Sem comentários:

Publicar um comentário