Família

20.11.18
A família é a que escolhemos mas a que também nasce connosco.

E é essa família que nos define enquanto ser humano, que nos dá alento para crescer e nos dá as bases necessárias para enfrentar as batalhas da vida.

É nela que vamos buscar as forças que nos faltam vezes sem conta.

Quando nascemos já temos personalidade mas é na nossa educação e nos valores que nos são transmitidos que nos define enquanto ser humano.

O ingrediente principal é o AMOR, tudo o resto arranja-se de alguma forma.

É com esta base que quero que os meus filhos cresçam, que se sintam seguros nos meu braços, e que saibam que é na sua casa que vão encontrar o seu porto de abrigo para as tempestades da vida.

Se lhes dou colo a mais, se vou ao seu encontro assim que lhes caí as primeiras lágrimas ou se passo noites a olhar para eles é um problema que é meu, mas acima de tudo o que quero é que percebam que é nos meus braços que vão encontrar a segurança e o conforto que precisam.

Não podemos depositar na escola a responsabilidade de os educar e de os fazer crescer, essa missão é nossa e cabe a nós mostrar os alicerces do ser humano. A escola da vida começa em casa!

Serão sempre as suas bases que irão definir o seu caráter e seus valores num futuro.

Não tenho medo de lhes dar colo, muito menos amor aos molhos!

Hoje no dia do Pijama, o dia do direito de crescer numa família, cabe a nós explicar aos nossos filhos a palavra família e o quanto eles são privilegiados em poder crescer junto do pai, da mãe, dos irmãos, avós, tios...

Infelizmente existem muitas crianças que assim que nascem estão desprotegidos do mundo pois a base falta-lhes.

Hoje contribuímos com a nossa casinha e fomos de pijama para a escola com aquele conforto que só se ganha na nossa cama.

Um abraço do tamanho do mundo para todas estas crianças.








Sem comentários:

Publicar um comentário