A caminho de mais uma avaliação

9.12.19
Talvez a primeira pergunta que queiram fazer é porque vamos voltar? Porque é que irei novamente ao norte em busca de uma avaliação quando no meu centro tenho técnicas especializadas para o efeito?

É simples porque não quero deixar um programa a meio, simplesmente porque sim, seria egoísta da minha parte, e parvo se na recta final o fizesse. O T tinha quatro meses quando iniciou este método com aquelas terapeutas e faz sentido que o acabe da mesma forma. Que a alta seja dada por elas.

Não é uma questão de confiança, de quem é mais competente ou melhor é uma questão de sensatez.

Escrevo-vos com o coração na boca, acho que nunca me senti tão nervosa para uma avaliação, sinto-me bloqueada, com medo mas também com esperança que o T chegue e arrase.

Este semestre não foi fácil, o T não tem correspondido ao programa como nas vezes anteriores, parece que se cansou, ou então é a sua autonomia a vingar.

Reformulamos já os horários vezes sem conta, a terapeuta do T tem se esforçado para arranjar estratégias que combatam a sua falta de vontade.

É desgastante para ela, para ele e para mim que assisto de bancada a tudo isto.

Acredito no sucesso deste método mas preciso que ele na recta final se empenhe para que o dia da alta chegue de forma consciente.

É só mais um bocadinho, é só mais um esforço é o que lhe peço todos os dias...

Parece as dietas, quando entram na fase da manutenção, em que os últimos quilos demoram uma eternidade a perder.

Esta avaliação é ingrata porque numa hora metemos em causa seis meses de trabalho, e eu nunca tive tanto medo. Sou sempre eu a ser a optimista, a que leva o barco com força mas desta vez sinto-me a vacilar, com um aperto no coração.

Acredito nas suas competências, sei que muita coisa está solidificada e a sua autonomia e independência é a prova disso mas não quero que a sua falta de vontade meta tudo a perder.

Vamos apreensivos, com o coração a palpitar e com uma vontade enorme de vencer!

Vai com tudo meu filho, porque tu és capaz, só precisas é de querer, e se isso te faltar não há como conseguires.




Sem comentários:

Enviar um comentário