O Pai Natal veio a nossa casa

5.12.19
Os meus filhos acreditam no Pai Natal e ainda bem. Espero que esta magia se mantenha assim por muitos anos.

Faz parte de ser criança viver no imaginário, numa descoberta constante.

O Pai Natal de nossa casa é o meu pai e por norma é sempre descoberto, é talvez dos momentos mais aguardados da noite. É sempre uma excitação, nós mais que eles, preparamos o Pai Natal e ele entra por nossa casa com o célebre Ho!Ho!Ho!.

No meio de todo um teatro, existem risos que não se conseguem controlar, desvendando sempre a personagem... Eles ficam radiantes com o Pai Natal seja ele o avô ou o "verdadeiro". A magia do Natal é essa mesma, é rir até caírem as lágrimas e ver as crianças felizes.

E embora o nosso Pai Natal ainda esteja a trabalhar nas cartas deles, ontem tive a oportunidade de lhes proporcionar um dos momentos mais felizes, o Pai Natal, veio a nossa casa e superou todas as nossas expetativas.

Assim que o T o viu, perguntou da forma mais ingénua "As minhas prendas", levou-o até à sala e não o largou mais, disse o que pediu e até que se tinha portado bem.

O FM como estava doente, ficou mais envergonhado e não me largou, mas para o fim já só queria o Pai Natal e a MC não tirou os olhos das barbas brancas.




Foram trinta minutos mágicos que os fizeram sonhar. Não se calaram mais com o Pai Natal e ficou a promessa que voltaria na  noite mais aguardada de sempre.

Foi uma noite mágica e com toda intensidade típica que esta quadra pede.

Não houve nada melhor que terem tido o Pai Natal só para eles, na sua casa.

Sou de experiências e é nisto que invisto. Os brinquedos esses estão todos a ganhar pó num quarto de brincar.

Para quem não conhecia esta experiência deixo aqui o nome: Um dia de Magia.










Sem comentários:

Enviar um comentário