O brilho no olhar quando conheceram a irmã

16.7.19
Finalmente consegui vir aqui, estes dias têm sido focados na baby MC e pouco ou nada tem sobrado para escrever-vos como já é habitual.

Ter um bebé recém nascido é maravilho mas o primeiro mês além de ser vivido numa bolha gigante de amor, é uma logística sem igual e que nos obriga a dar prioridade ao que é verdadeiramente importante.

Aos poucos e poucos a vida volta a reorganizar-se e tudo volta ao normal.

Tenho tanto para vos contar, que nem sei por onde começar!! Mas vou com calma contar-vos tudo pela sua ordem.

Se tivesse que eleger o dia mais feliz da minha vida não conseguia, isto porque não tenho só um dia em que me senti verdadeiramente e genuinamente feliz. Felizmente tenho vários e todos eles passam pela minha família, o dia em que me casei, o dia em que descobri que estava grávida pela primeira vez, o dia em que o T nasceu, o nascimento do FM, o maravilhoso parto da MC e quando os meus filhos conheceram a irmã.

E é este dia que há tanto tempo vos queria escrever.

O dia em que apresentamos um irmão a outro irmão é um dia memorável e muito íntimo pois é em quatro paredes que se dá um amor sem igual. Sou convicta quando digo que a maior herança que podemos dar aos nossos filhos é irmãos pois é um amor feito de preto no branco e de uma intensidade que não se assemelha a outro amor.


Foi isso que senti quando a porta do meu quarto se abriu, senti nervosismo nos meus filhos, senti que embora não soubessem bem o que os esperava confiaram no pai que os foi buscar, senti a sua excitação e acima de tudo senti o quanto aceitaram sem medos a sua nova irmã.

Look | Oh Cutxi Kids 





Confesso que estava nervosa, é sempre uma incógnita, sabemos o que queremos mas não sabemos o que esperar.

Embora o amor cresça com uma barriga, nunca sabemos como vão ser as reações.

Antes de me terem rebentado as águas, sem saber que estava a horas que isso acontecesse, fui buscar o T à escola e deixa-lo com a minha avó, onde estava o FM.

Quando os deixei, o FM queria ter ido comigo e sem saber porquê disse-lhe que a mãe tinha de ir ao médico, mal eu sonhava que iria mesmo passado duas horas.

Foi dessa forma que me despedi deles e lembro-me que quando estava a caminho do hospital, ter dito ao B que queria muito voltar e despedir-me deles mas depois achamos por bem não ir porque podiam ficar destabilizados.

O que é certo é que a mãe não voltou do hospital e no dia seguinte foram eles ter comigo.

Vivi meses ansiosa com este momento, com certezas, muitas dúvidas e medos. Nunca sabemos como serão as reações, de como se vão sentir, de como a nossa família vai ficar.



Até que respiramos fundo e chega o grande dia da nossa família fechar um capítulo e abrir-se outro igualmente bonito.

Foi isso que senti quando aquela porta se abriu e vi os olhos dos meus filhos brilharem como luzes cintilantes. O FM mais nervoso que o T mas ambos com um sorriso que me tranquilizou e me fez ainda mais feliz e ter certezas do nosso caminho.



Laço | Pés de Cereja 






Eles estavam radiantes com a mana, só queriam tocar, abraçar, pegar e dar beijinhos. Não houve espaço para ciúmes ou chamadas de atenção. Percebi naquele momento que embora pequeninos já sabem o seu lugar na nossa família, não existem os preferidos, existem eles e estes três são os meus favoritos! Cada um com o seu lugar nesta bolha só nossa!








Os meus braços estavam abertos para os receber, para lhes dar todos os beijos do mundo e para lhes apresentar a mulher da vida deles.




À sua espera tinham um presente da mana e foi incrível perceber que o maior presente que eles tinham era a mana. Pouco ou nada ligaram aos brinquedos e isso deixou-me feliz.
Só mostrou que os valores deles vão para além de bens supérfluos.

Camisa de dormir | BBme by Joana Teles 



Nunca esquecerei aqueles sorrisos de tão puros que foram. Foi um momento emocionante e que guardarei para sempre no meu coração. Feliz!! E grata por ter construído esta família.



























































































Todo este momento foi captado pela lente da Centrimagem Estúdio 

Sem comentários:

Enviar um comentário