Ter tempo para estar doente

10.10.19
Voltar a ter uma mastite foi sempre um dos meus maiores medos.

Assim que acordei, senti uma dor forte na cabeça, daquelas que mais parecia que não tinha chegado a ir à cama. Depois senti um caroço no peito, até que ao fazer uma massagem percebi que não era um caroço mas sim algo que ao toque me doía.

Pensei de imediato na mastite mas achei que talvez fosse só o cansaço a falar mais alto, mas à medida que o dia ia passado o peso na cabeça mantinha-se e os calafrios começavam. O frio era tanto que cheguei  a ligar o aquecimento do carro para me aquecer.

Fui piorando e às 19h já sem forças, deitei-me. Valeu-me a minha mãe que me ficou com os boys e o meu marido que está a tomar conta da MC, visto que eu não estou mesmo bem.

O meu médico mesmo estando de férias, foi incansável e passou-me de imediato o antibiótico e agora sinto-me ligeiramente melhor.

Espero amanhã acordar bem pois na realidade eu não tenho tempo para estar doente.

Como recebo muitas mensagens sobre mastites envio os sintomas de alerta para que possamos atuar o mais rapidamente possível:
  • Febre
  • Dores no corpo
  • Calafrios
  • Mama inflamada (avermelhada e com ingurgitamento)
Queria escrever-vos sobre o batizado mas não tive forças para tal. Desculpem!!

Um beijinho 





Sem comentários:

Enviar um comentário