Uma gravidez é sempre única

29.1.19
Felizmente posso afirmar que todas as minhas gravidezes são Santas.

Daquelas boas que só se vê uma barriga a aumentar porque de resto não tenho nenhum mau estar, complicações, enjoos e afins.

Mas de todas as gravidezes esta está a ser a mais desafiante e mais diferente de todas.
  • Uma barriga a crescer a olhos vistos.
  • Comecei a sentir o bebé às  14 semanas ao contrário das outras que só comecei pelas 20 e 18 semanas.
  • Um menor cansaço que as outras, também não tenho hipótese que seja de outra forma.
  • Desejos que foi algo que nunca tinha tido e achava mesmo que era mito até ao dia que por volta das 3h da manhã deu-me uma vontade louca por maçãs verdes, ainda pensei em acordar o B mas sabia que era impossível satisfazer o meu pedido, o que é certo é que assim que as 8h da manhã bateram no meu telefone, obriguei-o a ir ao Pingo Doce comprar as tão desejadas maçãs. A minha sorte é que os meus desejos têm passado por maças e saladas e nos piores dias gelados.
  • Enjoei coca-cola, o cheiro a tabaco e frango assado. Só de sentir o cheiro ou pensar em frango fico nauseada.
  • Pela primeira tenho uma maior sensibilidade no peito.
  • E a pior parte são os kilos que já aumentei, não sei precisar quantos porque não me peso todos os dias. Aliás só me peso mesmo nas consultas para não me deprimir tanto. 
  • Confesso que sempre adorei estar grávida porque é a altura que me sinto mais bonita mas nesta acho mesmo que estou a grávida mais feia do planeta.
Todas as gravidezes tem a sua particularidade e esta está a ser engraçada porque está a ser completamente diferente das outras duas.

Sinto que nós aproveitamos a gravidez e tudo o que a envolve muito mais quando somos mães pela primeira vez, é tudo novidade, seguimos todos os conselhos religiosamente, lemos manuais de grávida como se tratasse da Bíblia e vivemos ao segundo para todos os pontapés. Já nas restantes gravidezes embora estejamos felizes na mesma, já sabemos tudo e vivemos de uma forma mais calma e consciente, além de que o nosso tempo para desfrutar da barriga é muito menor.

Mas apesar de todas as diferenças continuo a adorar estar grávida, é uma sensação única. Adorava viver este momento muito mais vezes mas saber que esta será a minha última deixa-me uma certa nostalgia e um sentimento meio agridoce.

Amanhã completo as 20 semanas e uma terceira gravidez implica que passe ainda mais rápido as 40 semanas.











Sem comentários:

Publicar um comentário