Encontrar no amor a cura

3.3.21

Seria hipócrita se disse-se que passa de um dia para o outro. Que acordamos e é como se nada acontecesse.

Mas não! É uma dor que prevalece, que nos faz reviver tudo o que já tínhamos vivido e buscar todas as emoções sentidas num passado tão curto.

São consultas desmarcadas e uma data que se apaga no nosso calendário.

Se dói? Muito! Se é um vazio que nos atira para um buraco sem fim? Sim! Mas se voltamos a sorrir? Sim. 

Continua a existir um presente que deve ser plantado para que se faça um futuro feliz! Não se supera de um dia para o outro. Diz-se que o tempo é o melhor amigo e eu acredito!

Mas tenta-se todos os dias encontrar no amor a cura.

Agradece-se o passado e o presente. Chora-se a dor. E voltamos a sorrir! 

Existe uma vida para ser vivida, que merece o nosso respeito e a nossa compreensão. 

E apesar das fragilidades da vida, posso dizer que sou uma sortuda por ter encontrado no amor a minha cura.



Sem comentários:

Publicar um comentário