Um Mickey Desconstruído na festa dos 6 Anos

13.8.20






Foi na festa da Maria Constança que o Tomas decidiu que a sua festa seria do Mickey.

Há medida que crescem, as suas opiniões começam a ser mais válidas, e como pais temos de respeitar. No entanto queria fugir ao tradicional. Embora goste muito do Mickey, o preto e encarnado são cores muito fortes e que pouco têm a ver connosco.

Sou dos pastéis, dos brancos e da simplicidade. Partilhei o tema com a Ana da Chans Event Planner e mostrei-lhe que embora fosse esse o tema queria algo diferente, ao qual me respondeu prontamente que ía fazer algo mimoso e nas cores que gosto. Não percebi no imediato bem como o faria mas confiei, e não podia estar mais feliz com o resultado final.

Longe de mim ter tido a imaginação para desconsntruir o Mickey desta forma, amarelo, verde e azul foram as cores escolhidas e resultou na perfeição. Tal como eu queria, melhor que os meus sonhos.

Dos pormenores dos botões nos copos à planificação da mesa tudo foi idealizado pela Ana. 


Desde que a conheci que nos temos encaixado na perfeição, ela já sabe o que gosto e eu já sei como trabalha. Para quem procura uma festa diferente, bonita e a preços acessíveis falem com ela.

Quando fui tratar dos descartáveis e apresentei este tema tão "fora da caixa" à Marina da Party&Bite começou-se logo a rir, acho que de mim, já começa a esperar tudo pois estou sempre a escapar-me da "bonecada".


E se querem um balão mais personalizado a Tudo com Balões surpreende sempre.


O bolo seria outro desafio e dos grandes mas a Ana Carreira já sabe tão bem os meus gostos que já nem falamos, digo-lhe apenas as cores, a hora e o dia e pronto a mesa ganha ainda mais brilho.

O bolo era do mais simples que há mas de uma obra prima inigualável, um bolo completamente fora da caixa e que não precisou de muito para brilhar, brilhou tanto que o Tomás assim que o viu abraçou-o, de tal forma que se estragou logo nos lados. Assim que vi o bolo assim ia desmaiando para o lado mas lá o consegui disfarçar.


Os cupcakes eram os mais bonitos e originais que alguma vez vi. Oh adorei! Só dava vontade de emoldurar.

E para adoçar ainda mais a mesa, não podiam faltar os melhores brigadeiros de Lisboa e arredores, da Sónia É Doce. Sempre com os mais variados sabores. Gostava de vos dizer que adorei todos mas não consegui provar nem um pois desapareceram num piscar de olhos, é sinal que estavam maravilhosos (como sempre).

Mas festa de criança que é festa precisa de animação, de pinturas, de insuflável e do Mickey!

Aí o Mickey... sabia que seria o melhor presente que lhe podia dar e não me enganei. O T e o FM ficaram eufóricos. Gostava muito de meter para o "papel" as suas reações mas o brilho no olhar deles fala por si. Ficaram tão mas tão felizes, tanto que desde que chegou até ir embora não o largaram mais. O pior foi mesmo na hora da despedida... 



Na Partyval encontram as mais variadas personagens. O que vos posso dizer é que vale tudo! 

Embora fossem poucas crianças (por causa do COVID) não quis deixar de ter animação para elas pois a festa mais que nossa é deles. E aqui a Make It Happen Kids e a Jump In by Tia Zana são imbatíveis. O carinho, a entrega e o amor pelas crianças é de uma grandeza fora de série.



A Susana da Jump In by Tia Zana com o confinamento teve de se reinventar e criou uns Mini Kits Ateliers para ajudar os pais a entreterem as crianças na ausência da escola e como ainda está tudo muito incerto decidimos oferecer às crianças como lembrança, e pelo que sei foi um sucesso pois no dia seguinte só recebia fotografias dos meus sobrinhos a brincar. É uma óptima ideia para oferecer como lembrança.



O Tomás casou os anos e apesar de uma festa pequenina teve rodeado do mais importante, de Amor e de muita alegria. Teve verdadeiramente feliz e isso para mim é sempre o mais importante.

Um agradecimento especial à Centrimagem que mais uma vez captou na perfeição a felicidade vivida neste dia tão especial para nós.

E um beijinho muito grande a vocês que estão desse lado e que fizeram este dia ainda mais especial.



Avó Tátá





Mahrla










Sem comentários:

Publicar um comentário