MÃE

2.5.21

Hoje o dia é nosso. 

Nosso por termos a sorte de presenciar na primeira pessoa a palavra mais forte do Mundo e sorte por termos a quem chamar mãe.

E o que não percebia, no passado, hoje entendo na perfeição.

Mãe de colo, de sangue, pouco importa.

São os nossos filhos que nos fazem mãe, que nos testam os limites e a sanidade mental vezes sem conta mas que nos ensinam o verdadeiro significado da palavra Amor.

É talvez o papel mais bonito e igualmente o mais difícil da humanidade. É exigente na forma de ser e de estar e obriga-nos a reinventar todos os dias mais um bocadinho.

Hoje o Dia é nosso! E eu não desejo muito além da presença dos meus filhos pois foram eles que deram significado a esta palavra que se escreve: M Ã E.




Sem comentários:

Publicar um comentário