O Primeiro ano

6.8.15
Um ano..

É inevitável não reviver todas as emoções que passei há um ano..

Lembro-me como se fosse hoje de como tudo começou, do salto que dei da cama quando as águas rebentaram, da ida para a maternidade, da "festa" feita por cada amigo que ia sabendo da notícia, de cada contração, do momento em que fiquei pronta para ir para o bloco, do momento em que ele nasceu, do momento em que o "mundo me caiu aos pés..."

Tenho muito presente todo o misto de emoções em que vivi às 14.14h. Numa fração de segundos, consegui passar por vários estados emocionais, o de tristeza, o de dor, o de insegurança pelo seu futuro, o de força, o de positivismo e acima de tudo o de um amor incondicional.

Saí do bloco de partos com um sorriso pois não podia deixar que uma possível trissomia 21 me tirasse aquele momento... aconcheguei-o a mim e naquele momento olhei para aqueles olhos rasgados e jurei-lhe protecção e que tudo iria fazer para que ele fosse aceite pela sociedade.

Mas agora passado um ano, o sentimento é outro, é um sentimento de orgulho no meu querido T. Sempre soube que ele era especial, sempre disse às pessoas que me rodeavam que o Baby T era um bebé especial, mas longe de mim pensar que ele seria mesmo.. E sim o Baby T é especial, não só pela sua patologia mas sim porque me faz sorrir todos os dias, porque me faz orgulhar de cada vitória dele.. porque me mostra todos os dias que é possível.

Foi um ano complicado, cheio de altos e baixos, cheio de consultas, cheio de lutas mas também foi um ano gratificante pois com ele aprendi a ser Mãe. 

Um ano depois posso dizer que sou feliz por ser Mãe do Baby T e jamais o trocaria por outro.

Obrigada T pelo que me ensinas-te durante todo este ano. Sou uma pessoa muito mais "rica".

























4 comentários:

  1. Muitos parabéns pelo 1º ano de vida do baby T! Eles são a nossa força de viver, a nossa maior riqueza... muitas felicidades!

    ResponderEliminar
  2. Muitos Parabéns ao baby T! É um bebé lindo e lá em casa todos o adoram... Beijinho grande ao T e aos seus papás.

    ResponderEliminar